"Princípio de Incêndio"

Deputado quer vistoria do Corpo de Bombeiros no Hospital da Criança

Carlos Lula afirmou que pedido tem por base um princípio de incêndio verificado na unidade hospitalar na sexta-feira (25).

Ipolítica, com informações da Assembleia

Carlos Lula é deputado estadual e ex-secretário de Estado da Saúde
Carlos Lula é deputado estadual e ex-secretário de Estado da Saúde (Agência Assembleia)

SÃO LUÍS - O deputado estadual e ex-secretário de Estado da Saúde Carlos Lula (PSB), apresentou na Assembleia Legislativa do Maranhão, a solicitação de uma vistoria do Corpo de Bombeiros ao Hospital da Criança Dr. Odorico Amaral de Matos, unidade pertencente à rede municipal de saúde de São Luís. 

De acordo com o parlamentar, o pedido toma por base um princípio de incêndio verificado na sexta-feira (25) naquele hospital.

Ele lembrou que em vídeos que circularam nas redes sociais na última semana foi possível ver muita fumaça, além de crianças, acompanhantes e funcionários saindo às pressas da ala de radiologia, assustados com o incidente registrado no Hospital da Criança. 

“O Hospital da Criança é uma unidade hospitalar que tem causado muita preocupação à sociedade e, recentemente, tivemos esse episódio de incêndio na sala de raio-x. Estamos solicitando uma vistoria preventiva do Corpo de Bombeiros para que nos informe se há algum problema. Se houver, que possam ser resolvidos prontamente”, disse.

Leia também: Vereadores visitam portos da zona rural de São Luís 

Carlos Lula ressaltou ainda que esta não foi a primeira vez que a unidade apresentou problemas estruturais. Além de princípio de incêndio, já houve alagamento de setores do hospital com as fortes chuvas que caíram sobre a capital nas últimas semanas. 

O hospital é a principal unidade de urgência e emergência pediátrica da Ilha. 

“Nosso intuito não é fazer discussão política ou eleitoral. Queremos ajudar a Prefeitura de São Luís, uma vez que ela vem se mostrado muito omissa em relação, sobretudo, aos problemas nos hospitais”, finalizou.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.