Polêmica

Ex-piloto de Fórmula 1 diz que Lei Rouanet é "grande esquema"

Atleta comentou assunto em publicações no Twitter.

Ipolítica

- Atualizada em 20/01/2023 às 15h57
Lucas Di Grassi criticou dispositivo legal
Lucas Di Grassi criticou dispositivo legal (Reprodução/Twitter)

SÃO LUÍS - Ainda rende nas redes sociais a polêmica envolvendo o desbloqueio de mais de R$ 1 bilhão no Ministério da Cultura para pagamentos de projetos da Lei Rouanet e o fato de a atriz Claudia Raia ter tido um projeto aprovado para captar mais de R$ 5 milhões.

Em uma série de postagens no Twitter, o piloto de Fórmula E - e ex-piloto de Fórmula 1 - Lucas Di Grassi disse que o dispositivo que incentiva a iniciativa privada a patrocinar eventos culturais “é um grande esquema de transferência de renda do pobre para rico”.

“Lei Rouanet é um grande esquema de transferência de renda do pobre para rico. Pobre paga imposto: de renda, no cafezinho, no IPTU, no IPVA, no ICM, no banco, no cartão.. Esse imposto vai onde? Pra gaveta do governo que distribui pro Pablo Vittar alugar um jatinho privado", disse.

Para ele, os valores que são doados por empresas - em troca de abatimento de imposto - poderiam ser investidos em outras áreas.

“Se a empresa pode realocar até 4% do imposto que iria para o Governo para um show de uma artista profissional, por que não pode fazer a mesma coisa e realocar esse capital para ajudar uma padaria, uma escola privada, uma clínica de baixo custo?”, questionou.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.