Bancada maranhense

Deputados e senadores do Maranhão destinam R$ 200 milhões para saúde dos municípios

Recurso é da emenda de bancada e servirá a ajudar no custeio das unidades de saúde nas cidades maranhenses em 2023.

Carla Lima/Ipolítica

Gestões de Eduardo Braide e de Carlos Brandão foram comtempladas com verba da emenda de bancada
Gestões de Eduardo Braide e de Carlos Brandão foram comtempladas com verba da emenda de bancada (Reprodução/redes sociais)

SÃO LUÍS - Os deputados federais e senadores maranhenses definiram a destinação dos recursos de emenda de bancada no orçamento de 2023. São quase R$ 285 milhões e a maior parte da verba será destinada aos municípios para assistência na saúde.

Depois da reunião da bancada do Maranhão na semana passada - em que esteve o prefeito de São Luís Eduardo Braide (sem partido) e o governador Carlos Brandão (PSB) - os parlamentares decidiram em conjunto o destino de cerca de R$ 285 milhões de emenda impositiva de bancada.

O governo do Estado vai ficar com R$ 25 milhões desta verba sendo R$ 10 milhões para construção do centro de convenções da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA) e R$ 15 milhões para a saúde.

Para São Luís, de emenda de bancada será destinada a verba de R$ 15 milhões para a reforma do hospital Socorrão II.

A maior fatia da emenda de bancada vai para os municípios. Serão R$ 200 milhões a serem destinados às prefeituras para ajudar no custeio do sistema de saúde nas cidades maranhenses.

O Hospital Aldenora Bello, referência em tratamento de câncer, vai receber cerca de R$ 21 milhões. Este recurso é dividido sendo R$ 15 milhões para o custeio anual da unidade de saúde que está sendo instalada em Pinheiro. E outros R$ 6,5 milhões para a construção de uma unidade do Aldenora Bello em Santa Inês.

A Universidade Federal do Maranhão (UFMA) e o Instituto Federal do Maranhão (IFMA) receberão cada um R$ 5 milhões.

E diferente de anos anteriores, o Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes (DNIT) vai receber somente R$ 1 milhão para a manutenção das BRs 135, 226, 010 e 222.

Confira como fica a destinação da emenda de bancada:

R$ 200 milhões saúde municípios 
R$ 15 milhões saúde estado 
R$ 15 milhões saúde São Luís (reforma socorrão 2)
R$ 15 milhões Hospital Aldenora Bello Pinheiro (custeio anual) 
R$ 10 milhões UEMA (construção centro de convenções) 
R$ 7.5 milhões Hospital Amor de Imperatriz (custeio anual)
R$ 6.5 milhões Hospital Aldenora Bello (construção unidade Santa Inês 
R$ 5 milhões UFMA
R$ 5 milhões IFMA 
R$ 12 milhões Calha Norte Ministério da Defesa 
R$ 1.3 milhões Telebrás (custeio pontos de internet 
R$ 1 milhão DNIT (BRs 222, 135, 010 e 226). 

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.