Ordem judicial

Polícia cumpre mandado de prisão contra suspeitos de desaparecimento de dois irmãos em São Luís

As vítimas desapareceram no dia 1º de maio deste ano quando estavam em um bar, no bairro Maracujá.

Imirante.com

- Atualizada em 19/07/2022 às 15h37
A equipe da SHPP investiga o desaparecimento dos irmãos Josiel e Jonas da Conceição.
A equipe da SHPP investiga o desaparecimento dos irmãos Josiel e Jonas da Conceição. (SHPP)

SÃO LUÍS -  A equipe da Superintendência de Homicídio e Proteção a Pessoas (SHPP) cumpriu nesta terça-feira (19) a quatro mandados de prisão aos suspeitos do desaparecimento dos irmãos, Josiel e Jonas Conceição da Silva. Segundo a Polícia Civil, as vítimas estão desaparecidas desde o dia 1º de maio deste ano.

Leia também em: 

Mulher é presa suspeita do crime de extorsão e de desaparecimento na Grande Ilha

Desaparecimento policiais completa 3 anos e 6 meses sem solução

O delegado Marconi Matos declarou que esses criminosos já estão presos no presídio, em Pedrinhas, devido ao envolvimento de um sequestro a uma jovem, que ocorreu no dia 19 de maio deste ano, na área da Estiva. Eles pretendiam atear fogo no corpo da refém caso os familiares da vítima não pagassem o valor do resgate de R$ 100 mil.

Marconi Matos ainda informou que esses mesmos criminosos teriam participado do sequestro dos irmãos Josiel e Jonas da Conceição. As vítimas foram vistas a última vez no dia 1º de maio deste ano em um bar, localizado no bairro Maracujá, no distrito industrial de São Luís. 

O delegado disse que a polícia estava investigando um crime de extorsão mediante a sequestro, ocorrido na capital, e teve acesso a um áudio. Neste áudio, um desses criminosos acabou confessando a participação desse grupo criminoso no desaparecimento dos irmãos Josiel e Jonas. Foi solicitado ao Poder Judiciário a prisão dos suspeitos e nesta terça-feira foi cumprida pelos policiais civis.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.