Investigação

Idosa de 77 anos é morta no povoado Livramento, em Peritoró; dois suspeitos de praticarem o crime foram presos

O caso aconteceu nesse sábado (14) e causou revolta na população do povoado.

Imirante, com informações da Mirante AM

- Atualizada em 15/05/2022 às 11h58
A idosa morava sozinha e teve a residência invadida por dois homens. (Foto: reprodução)
A idosa morava sozinha e teve a residência invadida por dois homens. (Foto: reprodução)

PERITORÓ - Uma idosa identificada como Francisca Bispo Rodrigues, de 77 anos de idade, foi morta, nesse sábado (14), no povoado de Livramento, em Peritoró. A vítima morava sozinha e teve a residência invadida por dois homens, que já foram presos pela Polícia Militar do Maranhão como principais suspeitos pelo crime.

O crime está sendo investigado inicialmente como latrocínio. De acordo com informações do delegado regional de Codó, Francisco Fontenele, algumas testemunhas do crime já foram ouvidas, e a polícia aguarda o resultado da perícia para saber se a idosa teria sido violentada sexualmente pelos criminosos e qual a real causa da morte.

“Nós já haviamos constatado alguns sinais de violência física, que não foram causados por arma de fogo, mas esperamos o resultado da perícia para confirmar se de fato foi por instrumento corto-contundente ou cortante. Mas, a causa da morte ainda não foi possível identificar por conta do estado do local onde foi praticado o crime”, explica o delegado Fontenele.

Manifestação

A vítima fazia parte da Assembleia de Deus do povoado, e a morte causou comoção de toda a comunidade, que se reuniu na manhã deste domingo (15) para realizar uma manifestação pedindo por justiça em relação ao ato criminoso.

Populares interditaram a BR-135 e atearam fogo em pneus para protestarem por mais segurança no povoaddo de Livramento.

Ouça a entrevista completa do delegado Francisco Fontenele concedida à Rádio Mirante AM:

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.