Quebra de decoro

Conselho de Ética vai definir relator de processo contra Josimar de Maranhãozinho

Escolha acontece depois de sorteio de listas tríplices destinadas à definição de relatores no Conselho de Ética.

Ronaldo Rocha / Ipolítica

Josimar de Maranhãozinho é alvo de processo disciplinar na Comissão de Ética da Câmara
Josimar de Maranhãozinho é alvo de processo disciplinar na Comissão de Ética da Câmara (Josimar de Maranhãozinho)

SÃO LUÍS - O Conselho de Ética da Câmara Federal deve definir nos próximos dias o relator do processo disciplinar contra o deputado federal Josimar de Maranhãozinho (PL-MA).

O colegiado se reúne nesta quarta-feira para realizar o sorteio de membros para completar as listas tríplices, destinadas à escolha de relatores de processos. Isso ocorre depois de deputados sorteados terem solicitado a retirada de seus nomes.

Tramitam no conselho 22 processos por quebra de decoro parlamentar, em desfavor de 12 deputados. Destes 22 processos, um é em desfavor de Josimar 

O Conselho de Ética é presidido pelo deputado Paulo Azi (União-BA).

Quebra de decoro

Pré-candidato a governador do Maranhão, Josimar de Maranhãozinho tornou-se alvo do colegiado por meio de uma representação do partido Rede Sustentabilidade, assinada em dezembro do ano passado pelos senadores Randolfe Rodrigues e Fabiano Contarato (atualmente no PT) e pela deputada Joênia Wapichana, além da porta-voz nacional da legenda, Heloísa Helena.

Josimar é acusado pela Polícia Federal de desviar recursos de emendas parlamentares. 

Ele nega as acusações e se diz vítima de perseguição política. Para o deputado, a investigação da polícia somente ocorreu após ele conseguir viabilizar pré-candidatura ao Governo do Maranhão.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter e Instagram e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.