Votação

Câmara aprova projeto de lei de reajuste de servidores públicos de São Luís

Proposta está sendo analisada pelos vereadores e servidores se acumulam nos corredores da Casa para tentar acompanhar votação.

Ipolítica

- Atualizada em 04/05/2022 às 18h20
Vereadores de São Luís aprovaram em regime de urgência, projeto de lei que prevê reajuste salarial de 8% para os servidores públicos
Vereadores de São Luís aprovaram em regime de urgência, projeto de lei que prevê reajuste salarial de 8% para os servidores públicos (Leonardo Mendonça)

SÃO LUÍS - Os vereadores de São Luís aprovaram nesta quarta-feira, 4, o projeto de lei do Poder Executivo que prevê o reajuste salarial de 8% para os servidores públicos da capital. A proposta foi aprovada em regime de urgência e sob protestos de membros do sindicato dos servidores públicos.

O projeto de lei foi enviado para a Câmara, em abril, pela Prefeitura de São Luís. A matéria estava tramitando e sem previsão para votação. No entanto, no início da semana, o prefeito da capital, Eduardo Braide (sem partido) pediu ajuda aos vereadores para apreciação da matéria.

Na sessão desta quarta, os vereadores, então, colocaram na pauta de votação o projeto de lei e votaram, em regime de urgência. A maioria aprovou a proposta e se abstiveram - por não concordar totalmente com a matéria - os vereadores Aldir Júnior (PL), Jonathan Alves (PT) e Ribeiro Neto.

Confusão

Desde o início da sessão, membros do sindicato dos servidores públicos de São Luís estavam nas dependências da Câmara para pressionar os vereadores a não votarem a proposta antes que houvesse uma debate maior.

Os sindicalista não concordam com o percentual de 8% apresentado pela Prefeitura de São Luís. 

A galeria da Casa ficou cheia e, mesmo assim, os sindicalistas tentaram entrar para protestar contra a votação. Houve um princípio de confusão com os seguranças da Câmara.  

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter e Instagram e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.