Encontro

Braide reúne com vereadores para retomar diálogo com Poder Legislativo

Após derrota na eleição da mesa diretora da Câmara Municipal de São Luís, uma possibilidade de aumento da oposição e com projetos paralisados na Casa, prefeito de São Luís encontra com parlamentares da capital.

Carla Lima/Ipolítica

Prefeito Eduardo Braide se reuniu com 23 vereadores em jantar na noite da segunda-feira, 2
Prefeito Eduardo Braide se reuniu com 23 vereadores em jantar na noite da segunda-feira, 2 (Assessoria/Prefeitura de São Luís)

SÃO LUÍS - Cerca de um mês após a eleição da mesa diretora da Câmara Municipal de São Luís que consolidou a derrota do grupo do prefeito da capital, Eduardo Braide (sem partido), na Casa, o gestor chamou os vereadores para um jantar e, assim, buscar novo diálogo com os parlamentares.

Na pauta do encontro, que ocorreu na noite da segunda-feira, 2, o prefeito falou da necessidade de estreitar as relações com o legislativo e disse que, a partir de agora, passará a ter reuniões constantes com os vereadores.

A posição adotada por Braide é diferente da que ele vinha mantendo com a Câmara Municipal desde que assumiu a Prefeitura de São Luís. O prefeito chegou a ter um grupo governista na Casa composto por 15 vereadores.

Entretanto, sem diálogo, o gestor acabou perdendo apoios como, por exemplo, do seu ex-líder na Casa, o vereador Marcial Lima (Podemos). 

E estes apoios foram decisivos para a eleição da mesa diretora da Câmara, ocorrida em abril, e que consolidou a derrota do prefeito após seu candidato, vereador Gutemberg Araújo (PSC), desistir de concorrer à presidência da Casa e apoiar o seu adversário, vereador Paulo Victor (PCdoB), que foi candidato do Palácio dos Leões.

Após esta derrota , com um grupo de cerca de 20 vereadores caminhando para a oposição e projetos de interesse do Poder Executivo paralisados na Câmara, Eduardo Braide buscou o diálogo. Dos 31 vereadores, 23 compareceram ao encontro que tratou tanto da relação entre os dois poderes como a atualização do Plano Diretor e os projetos de lei que prevê reajuste salarial de servidores públicos e dos professores de nível médio da rede.

Os vereadores se comprometeram em manter o diálogo e avançar nas proposta do Poder Executivo que estão na Casa. Braide se comprometeu em manter o contanto constante com os parlamentares e, assim, retomar a relação amistosa com o Poder Legislativo.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter e Instagram e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.