Defesa

Alvo da PF, Pastor Gildenemyr emite nota de esclarecimento

Deputado federal pelo PL afirmou que jamais participou de algo que ferisse a legislação.

Ronaldo Rocha / Núcleo de Política

- Atualizada em 26/03/2022 às 18h07
Pastor Gildenemyr se manifestou por meio de nota
Pastor Gildenemyr se manifestou por meio de nota (Câmara dos Deputados)

SÃO LUÍS - O deputado federal pastor Gildenemyr, conhecido na política como Pastor Gil (PL), emitiu uma nota de esclarecimento após ter se tornado na manhã desta sexta-feira - ao lado de Josimar de Maranhãozinho e de um outro parlamentar de Sergipe -, alvo de uma operação da Polícia Federal.

Pastor Gil afirmou que jamais se envolveu em qualquer ato de ilegalidade, rechaçou a possibilidade de envolvimento em esquema de desvio de recursos públicos e assegurou confiar no trabalho da Justiça.

A Polícia Federal investiga o envolvimento do parlamentar num esquema - supostamente articulado por Josimar -, de desvio de recursos de emendas por meio de empresas de fachada.

"O meu papel como homem publico e cidadão sempre foi exercido com probidade, elevado interesse público pautado pelos princípios cristãos. Jamais participei de nada que ferisse a legislação, os interesses do meu querido povo ou os meus princípios. Infelizmente, agora, isso foi colocado em cheque", lamentou.

Pasto Gil afirmou que acredita na Justiça e na declaração de inocência.

"Mas confio no trabalho da Justiça e confio ainda mais em Deus. E, por isso, tenho certeza que a improcedência dos fatos últimos desta sexta-feira será absolutamente comprovada", finalizou.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.