Economia

Especialista dá dicas para economizar o gás de cozinha

Engenheiro mecânico alerta que é necessário mudar alguns hábitos no cozimento dos alimentos.

Imirante.com, com informações da assessoria

- Atualizada em 26/03/2022 às 19h17
Preço elevado do gás de cozinha tem causado impacto na vida financeira das famílias.
Preço elevado do gás de cozinha tem causado impacto na vida financeira das famílias. (Foto: Divulgação)

SÃO LUÍS - Com a oscilação constante no preço do gás de cozinha os usuários precisam buscar alternativas para economizar. Para conseguir reduzir o consumo e evitar estourar o orçamento, o ideal é mudar alguns hábitos.

De acordo com o engenheiro mecânico e professor do curso de Engenharia Mecânica de uma faculdade de Bacabal, Francisco Raonny Ferreira Silva, um dos principais aspectos para conseguir economizar é planejar o preparo da alimentação, uma alternativa é o uso da panela de pressão.

Leia também:

Petrobras anuncia novo aumento da gasolina e do diesel nas refinarias

“A temperatura máxima que uma panela aberta alcança ao cozinhar alimentos é por volta de 100°C (temperatura de ebulição da água). Já a panela de pressão, devido ao aumento da pressão em seu interior, conseguimos aumentar a temperatura de ebulição (por volta de 120°C). Diminuindo assim o tempo de cozimento e economizando gás consequentemente, ou seja, após a panela pegar pressão a temperatura no interior da panela será a mesma (por volta de 120ºC), com fogo alto ou baixo na regulagem do fogão. Deixando a regulagem em fogo baixo, o gás será economizado”, detalha.

Outra estratégia para reduzir o tempo de cozimento é evitar abrir o forno durante sua operação. “Em relação ao forno, é importante mantê-lo fechado, com o objetivo de isolar termicamente seu interior do exterior. Caso contrário, o calor contido no forno tende a ser transferido para o ambiente devido a diferença de temperatura (ambiente / forno). Nesse caso, o forno estaria perdendo calor e consequentemente aumentando o tempo de cozimento, aumentando também o consumo de gás”, acrescenta.

O professor elenca outras dicas para economizar no consumo de gás:

1. Opte por utilizar panelas de pressão: Sempre que a receita permitir, cozinhe na pressão. A panela é ótima para receitas práticas de um só recipiente e é uma das maneiras mais eficientes de economizar gás de cozinha.

2. Mantenha portas e janelas fechadas: Locais com correntes de ar também prejudicam o cozimento, pois diminuem a potência da chama e acaba demorando mais o tempo de cozimento do alimento. Se possível, não instale seu fogão onde tiver correntes de ar. Caso a sua cozinha tenha corrente de ar feche portas e janelas para acelerar o processo e economizar.

3. Fique atento as chamas do fogão: O ideal é que elas sempre estejam azuis. Se estiverem amareladas ou alaranjadas, é porque os bocais estão sujos ou não estão funcionando corretamente, gerando mais consumo de gás.

4. Organize os ingredientes e a cozinha: É fundamental o planejamento. Sempre lave e pique os alimentos antes de começar a cozinhar, evitando que deixe algo no fogo dourando ou refogando, por mais tempo do que o necessário.

5. Deixe os alimentos de molho antes do cozimento: Sempre antes de cozinhar grãos como feijão e o grão-de-bico, deixe-os de molho por, pelo menos, 12 horas. Dessa forma, os grãos ficam mais macios, facilitando ainda mais o cozimento.

6. Use as bocas corretas: Colocar uma panela pequena em uma boca grande é desperdício do seu gás de cozinha. Fique atento para economizar.

7. Cozimento a vapor: Cozinhar legumes, por exemplo, numa espagueteira metálica em cima de uma panela de arroz, gasta a mesma quantidade de gás para cozinhar os dois alimentos.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter e Instagram e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.