Criminalidade

Região Metropolitana de São Luís registra nove latrocínios nos quatro primeiros meses do ano

De acordo com a Polícia Civil do Maranhão, desse total, 90% dos casos foram elucidados.

Imirante.com, com informações da Polícia Civil

- Atualizada em 27/03/2022 às 11h03
Oito suspeitos foram presos e dois adolescente apreendidos.
Oito suspeitos foram presos e dois adolescente apreendidos. (Foto: divulgação)

SÃO LUÍS - A Polícia Civil do Maranhão, por meio da Superintendência Estadual de Homicídios e de Proteção à Pessoa (SHPP), informou que nove crimes de latrocínio (roubo com resultado morte) foram registrados na Região Metropolitana de São Luís de janeiro a abril deste ano. Ainda segundo a SHPP, desse total, 90% dos casos já foram elucidados.

Leia também:

Homem é morto a tiro durante assalto em lanchonete, na Cidade Operária

Três homens são presos suspeitos de latrocínios no Andiroba, em São Luís​

As ações realizadas pela Polícia Civil para elucidação dos crimes de latrocínio registrados na Região Metropolitana da capital maranhense, resultou na prisão de oito pessoas e dois adolescentes apreendidos.

O balanço foi feito pelo delegado Felipe César, chefe do Departamento de Homicídios da SHPP, que descreve que uma grande parte dessa modalidade de crime são de autoria de integrantes de organizações criminosas e com utilização de arma de fogo.

O delegado Felipe César destacou que o último caso de latrocínio que aconteceu na Grande Ilha foi no dia 27 de abril, quando um homem, identificado por Nielson da Silva Guimarães, foi surpreendido e morto ao resistir a uma assalto em uma lanchonete no bairro da Cidade Operária. Nesse caso, os autores já foram identificados.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.