São Luís

Insegurança e iluminação ruim viram motivo de reclamação

Moradores do Anil convivem com o medo de serem assaltados.

Paulo de Tarso Jr./Imirante.com

- Atualizada em 27/03/2022 às 11h28
Bandidos usam terreno para cometer assaltos no Anil.
Bandidos usam terreno para cometer assaltos no Anil. (Imirante.com)

SÃO LUÍS - Insegurança. Este é o sentimento de muitas pessoas que moram nas proximidades dos condomínios Eco Park e Eco Space, no bairro do Anil. O local de acesso para os condomínios é constantemente alvo da ação de bandidos, que agem tanto à noite quanto de dia. O problema se agrava após as 18h, quando a iluminação pública nas ruas é considerada precária pelos moradores, que precisam conviver com a escuridão e o medo para chegarem às suas casas.

A equipe do Imirante.com esteve ao local e constatou a veracidade da reclamação dos moradores. Na entrada dos condomínios, existe iluminação, mas ela deixa muito a desejar. Ao se dirigir aos prédios mais afastados da avenida, a iluminação piora e, em muitos locais, inexiste.

Para piorar a situação, a demolição de um estabelecimento comercial aumentou os riscos de assaltos. Agora, os criminosos utilizam o terreno às margens da avenida Casemiro Junior para se esconder e cometer roubos a quem passa pelo local.

O prédio demolido era utilizado por uma empresa imobiliária, responsável pela construção dos condomínios Eco Park e Eco Space. No local, que antes servia para a realização dos serviços da empresa, restou apenas entulho.

Na última sexta-feira (28 de outubro), o Imirante.com entrou em contato, por email, com a Assessoria de Comunicação da Prefeitura de São Luís, mas não obteve resposta sobre quais medidas poderão ser realizadas para melhorar a iluminação. Na segunda-feira (31 de outubro), a reportagem reencaminhou a solicitação de nota e, novamente, não houve retorno.

Já a Secretaria de Segurança Pública (SSP) disse que há policiamento no bairro. Leia a nota na íntegra:

A Secretaria de Segurança Pública (SSP), por meio da Polícia Militar do Maranhão (PMMA), informa que o policiamento na região do Anil em São Luís é feito ininterruptamente por viaturas do 9º Batalhão com apoio dos grupamentos especiais Grupo Tático Móvel (GTM) e Raio (motocicletas).

A SSP informa ainda que, de acordo com os registros do Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops), não foi verificado o aumento de ocorrências na região. Mesmo assim a PMMA reforçará as rondas e incursões na localidade com o objetivo de coibir ações criminosas e garantir a segurança dos moradores da área.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.