Prisão preventiva

Suspeito de roubar máquina pá carregadeira em São Luís é preso em Santa Rita

Veículo foi roubado de um terreno às margens da BR-135, na capital maranhense.

Imirante.com, com informações da Polícia Civil

- Atualizada em 18/08/2022 às 15h23
Suspeito foi preso pela Polícia Civil, por meio da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF). (Foto: Divulgação / Polícia Civil)
Suspeito foi preso pela Polícia Civil, por meio da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF). (Foto: Divulgação / Polícia Civil)

SANTA RITA – Um homem, suspeito de envolvimento no roubo de uma máquina pá carregadeira avaliada em aproximadamente R$ 200 mil, em São Luís, foi preso preventivamente na manhã desta quinta-feira (18), em Santa Rita, cidade a 80 km da capital maranhense. A prisão do investigado foi realizada pela Polícia Civil do Maranhão, por meio da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF).

De acordo com a Polícia Civil, o crime aconteceu em julho deste ano, quando o suspeito e mais três comparsas contrataram um caminhão prancha e furtaram o equipamento que estava guardado em um terreno às margens da BR-135, em São Luís. Após roubar o veículo, os suspeitos transportaram a máquina pá carregadeira até a cidade de Santa Rita.

Máquina pá carregadeira roubada pelos suspeitos. (Foto: Divulgação / Polícia Civil)
Máquina pá carregadeira roubada pelos suspeitos. (Foto: Divulgação / Polícia Civil)

Ainda segundo a Polícia Civil, o suspeito preso nesta quinta-feira já responde a um processo criminal pelo crime de homicídio registrado em Santa Rita. 

A polícia informou que as investigações continuam no intuito de identificar os demais autores do crime e saber o paradeiro da máquina pá carregadeira.

Após o cumprimento do mandado de prisão preventiva, o suspeito foi encaminhado para o Sistema Penitenciário, onde ficará à disposição do Poder Judiciário.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.