Pefeito afastado

Vice deve assumir nesta segunda a Prefeitura de Pinheiro

Ana Paula Lobato assumirá em virtude do afastamento do prefeito Luciano Genésio (PP), por decisão da Justiça Federal.

Gilberto Léda

- Atualizada em 26/03/2022 às 18h36
Ana Paula Lobato já foi convocada pela Câmara
Ana Paula Lobato já foi convocada pela Câmara (Reprodução/YouTube)

PINHEIRO - A vice-prefeita de Pinheiro, Ana Paula Lobato (PDT), deve assumir nesta segunda-feira (17) o posto de prefeita da cidade.

Ela foi convocada na última sexta-feira (14), pelo presidente da Câmara, Eliseu de Tantan (PP), para tomar posse às 17h, em virtude do afastamento do prefeito Luciano Genésio (PP), ocorrido na quarta-feira (12), por decisão do desembargador federal Cândido Ribeiro do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1). O gestor também está proibido de entrar no prédio da Prefeitura.

Genésio foi um dos alvos da Operação Irmandade, deflagrada pela Polícia Federal. Na ação, ele responde por fraudes licitatórias, desvio de recursos públicos e lavagem de dinheiro, envolvendo verbas federais do Fundo Nacional de Saúde e do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica.

O prefeito diz que enfrentará o processo “com serenidade e humildade” e que apresentará sua defesa “estando sempre à disposição das autoridades” (saiba mais).

Segundo a PF, a investigação se concentra em contratos da ordem de R$ 38 milhões.

“Foram localizados diversos indícios no sentido de que o proprietário de fato dessas empresas seria o gestor público municipal, o que se confirmou por meio da análise das movimentações bancárias. Nessa oportunidade, constatou-se que parte dos pagamentos realizados pelo Poder Público para tais empresas era revertido para as contas do servidor público”, afirmaram os federais, em nota.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.