Investigação

Policial militar é preso em Pindaré-Mirim durante investigações sobre mortes de sargento e ciganos

Foi cumprido ainda um mandado de busca na residência de um guarda municipal.

Imirante.com, com informações da PM

O policial está sendo investigado no caso do assassinato do sargento da PMMA.
O policial está sendo investigado no caso do assassinato do sargento da PMMA. (arquivo pessoal)

PINDARÉ-MIRIM – Um policial militar foi preso temporariamente no município de Pindaré-Mirim na tarde dessa segunda-feira (10). Foi cumprido ainda um mandado de busca na residência de um guarda municipal.

O policial está sendo investigado no caso do assassinato do sargento da PMMA Kilmen de Jesus Dutra da Costa, ocorrido durante um confronto com dois ciganos na cidade de Centro Novo no último dia 29 de setembro.

Leia mais:

Sargento não foi morto em missão militar, diz comando da Polícia Militar

Durante as investigações um detalhe chamou à atenção da Polícia Civil, o fato de que após a vítima ter sido baleada, o PM e o guarda municipal se limitaram a abandonar o corpo do sargento Kilmen no Hospital de Maracaçumé.

As medidas cautelares são resultantes de investigações realizadas pela equipe operacional da Superintendência de Polícia Civil do Interior (SPCI) e foram cumpridas pela 7ª Delegacia Regional de Santa Inês 

O mandado de prisão temporária contra o PM foi expedido pela Comarca de Maracaçumé. Após as providências legais cabíveis, o policial militar foi encaminhado para o Comando Geral da Polícia Militar em São Luís, onde permanecerá à disposição da Justiça.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.