Ato criminoso

Preso homem suspeito de tentar matar a própria avó em Morros

O detido, além de desferir golpes de facão na avó, também golpeou o tio e o sobrinho e foi encaminhado para o presídio.

Imirante.com

- Atualizada em 09/06/2022 às 22h31
O detido é suspeito de tentar matar a avó, o tio e o primo, em Morros.
O detido é suspeito de tentar matar a avó, o tio e o primo, em Morros. (Foto:Divulgação)

MORROS - Um homem, identificado como Burrinha, foi preso nesta quinta-feira (9) suspeito de tentar matar a própria avó como ainda o primo e o tio, no povoado Buritizeiro, zona rural de Morros, interior do Maranhão.

Leia também em: 

Suspeito de participação em arrastão é morto após trocar tiros com a polícia em Morros

Jovem de 16 anos é estuprada e morta em Morros

Segundo a polícia, a prisão foi em cumprimento de ordem judicial. O detido foi levado primeiramente para a delegacia de Morros onde prestou esclarecimentos sobre o caso e, logo após, encaminhado para o presídio, na cidade de Rosário.

Ainda de acordo com a polícia, o detido teria desferido golpes de facão na própria avó como também no primo e no tio, no dia 18 de maio deste ano, na cidade de Morros. As vítimas foram levadas para o hospital onde passaram por tratamento cirúrgico.

Outro caso

No dia 30 do mês passado, os militares penderam em flagrante Darlan Santos Costa, de 32 anos, suspeito de matar a própria avó, Dalva Celina Costa, de 82 anos, na Vila Embratel, em São Luís. Após o ato criminoso, o suspeito sofreu uma tentativa de linchamento pela população. 

As guarnições militares foram acionadas e controlaram a situação. O suspeito foi levado primeiramente para o hospital e, logo após, apresentado na delegacia. A vítima foi morta por golpes de arma branca e o corpo removido para o Instituto Médico Legal (IML), no Bacanga.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.