Operação policial

Mãe e filhos são presos por tráfico de drogas, em Miranda do Norte

As prisões foram efetuadas após uma série de denúncias feitas por moradores da região.

Imirante.com, com informações da Polícia Civil

- Atualizada em 26/03/2022 às 18h41
Além das prisões, a polícia apreendeu drogas, aparelhos celulares e uma quantia em dinheiro não especificada.
Além das prisões, a polícia apreendeu drogas, aparelhos celulares e uma quantia em dinheiro não especificada. (Foto: divulgação / Polícia Civil)

MIRANDA DO NORTE - Uma operação policial contra tráfico de drogas foi realizada na tarde dessa quarta-feira (5), no município de Miranda do Norte, no interior do Estado.

A ação aconteceu no bairro Triângulo e resultou na prisão de uma mulher, de 45 anos, e dois homens, de 26 e 32 anos de idade, que, segundo a polícia, seriam mãe e filhos. Além das prisões, a polícia apreendeu drogas, aparelhos celulares e uma quantia em dinheiro não especificada.

Leia também:

Dois homens são presos com dinheiro falso em Vitorino Freire

Casal suspeito de tráfico de drogas é preso no Quebra Pote

Segundo a Delegacia de Polícia de Miranda do Norte, uma série de denúncias feitas por moradores da região relatavam uma rede de vendas de entorpecentes, que seria administrada por uma família.

Essa foi a sexta operação em menos de dois anos na mesma localidade, com o objetivo de combater crimes praticados pela mulher e seus filhos, segundo a Polícia Civil. O trio foi encaminhado à Unidade Prisional da região.

Outras operações no interior do Estado

Dois suspeitos foram presos, na terça-feira (4), durante uma operação das polícias Civil e Militar que teve como objetivo reprimir o tráfico de drogas no município de Rosário.

A operação contou com seis policiais civis da 1ª DR/Rosário e três policiais militares do GSA do 27º BPM. O nome da operação se deu em virtude do historiador grego Heródoto que anotou, em 450 a.C., que a Cannabis sativa, planta da maconha, já tinha utilização desde a Antiguidade.

As investigações devem continuar a cargo do 1º Distrito Policial de Rosário, para a identificação de mais envolvidos até o relatório final da apuração.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.