Prisão

Preso suspeito de matar a ex-mulher a golpes de faca e pauladas em Mirador

Moisés da Silva tinha um mandado de prisão preventiva em aberto pelo crime de feminicídio.

Imirante.com

- Atualizada em 18/11/2022 às 01h01
Suspeito de feminicídio foi preso em Mirador.
Suspeito de feminicídio foi preso em Mirador. (Divulgação)

MIRADOR - A Polícia Civil do Maranhão efetuou, nesta quinta-feira (17), a prisão de Moisés da Silva Barroso, de 32 anos, suspeito de matar a ex-companheira Bruna Sueli Oliveira Miranda, de 25 anos, a golpes de faca e pauladas no município de Mirador, a 485km de São Luís. Moisés da Silva tinha um mandado de prisão preventiva em aberto pelo crime de feminicídio.

Saiba mais: Homem deixa a cadeia e mata a ex-companheira em Mirador

De acordo com informações policiais, Moisés da Silva e Bruna Miranda estavam juntos há cerca de oito anos e tinham uma relação conturbada, com muitas brigas e agressões. Por causa da violência doméstica, Bruna se separou de Moisés, que não aceitou o fim do relacionamento e passou a ameaçar a ex-companheira.

Por causa das ameaças, Bruna Miranda conseguiu na Justiça uma medida protetiva contra Moisés da Silva, que descumpriu a decisão judicial e ficou preso por quatro dias. Após sair da prisão no dia 6 de novembro, Moisés foi até a casa de Bruna na noite do dia 10 e a atacou com facadas e pauladas, na frente das duas filhas de 6 e 5 anos.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.