Enchentes

Maranhão tem 31 cidades prejudicadas ou em alerta por chuvas intensas

A Defesa Civil Estadual contabiliza 1.356 famílias desabrigadas e desalojadas em todo o Estado.

Imirante.com, com informações do CBMMA

- Atualizada em 26/03/2022 às 18h35
Famílias tentam salvar móveis e eletrodomésticos diante das cheias. Foto: Divulgação/CBMMA.
Famílias tentam salvar móveis e eletrodomésticos diante das cheias. Foto: Divulgação/CBMMA.

MIRADOR - Trinta e um municípios com registros de alerta ou que já contabilizam prejuízos causados pelas chuvas intensas no Estado estão sendo acompanhados pelo Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão.

Desses municípios, 15 já decretaram situação de emergência, são eles: Mirador, Grajaú, Barra do Corda, Jatobá, Paraibano, Formosa da Serra Negra, Imperatriz, Vila Nova dos Martírios, Fortuna, São Luís Gonzaga, Parnarama, Buriti Bravo, São Roberto, Lagoa Grande e São Pedro da Água Branca.

Leia mais:

Moradores improvisam balsa de tambor para retirar carros de enchente em Imperatriz

Animais ilhados são resgatados por bombeiros e voluntários em Imperatriz

"Tem muita chuva ainda para vir", alerta meteorologista diante da elevação do nível de rios no MA

A Defesa Civil Estadual contabiliza 1.356 famílias desabrigadas e desalojadas em todo o Maranhão. Aquelas famílias que necessitam de auxílio estão sendo amparadas pelo poder público e acomodadas em abrigos.

Em Imperatriz, equipes de bombeiros de outras cidades reforçam o trabalho realizado pelos militares do 3º BBM, uma operação para auxílio aos afetados é realizada durante todo o dia. Transporte de pessoas dos locais alagados, entrega de cestas básicas, distribuição de quentinhas, resgate de animais, transporte de bens e entrega de medicamentos estão entre as ações desempenhadas pelos profissionais.

Imagens publicadas em redes sociais do CBMMA mostram equipes resgatando animais que estavam ilhados após a cheia do Rio Tocantins, em Imperatriz.

O major Belo, do Corpo de Bombeiros, foi transferido de Mirador para Codó, afirmou que por lá o nível do rio Itapecuru está abaixo da cota de alerta, 5,02 metros, mas que foi registrada uma chuva com ventania na noite anterior. Em Codó, uma casa desabou, outras sete tiveram danos parciais, e duas famílias ficaram desalojadas.

Alerta amarelo

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) lançou alerta amarelo para a manhã de hoje (18), para as regiõs norte, oeste, leste e centro-sul maranhense. São esperadas chuvas entre 20 e 30 mm/h ou até 50 mm/dia, ventos intensos (40-60 km/h).

Arte: Reprodução/Inmet
Arte: Reprodução/Inmet

Instruções:

  1. Em caso de rajadas de vento: (não se abrigue debaixo de árvores, pois há leve risco de queda e descargas elétricas e não estacione veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda).
  2. Evite usar aparelhos eletrônicos ligados à tomada.
  3. Obtenha mais informações junto à Defesa Civil (telefone 199) e ao Corpo de Bombeiros (telefone 193).

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter e Instagram e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.