Cheias de rios

Maranhão tem 842 famílias atingidas por enchentes; sete municípios estão em situação de emergência

Em Mirador, o Rio Itapecuru apresenta tendência de baixa.

Imirante.com

- Atualizada em 26/03/2022 às 18h38

MIRADOR - Sete municípios já decretaram situação de emergência por causa das enchentes no Maranhão, são eles: Mirador, Grajaú, Barra do Corda, Jatobá, Paraibano, Formosa da Serra Negra e Imperatriz.

Em todo o Estado são contabilizadas 842 famílias desabrigadas ou desalojadas. Em Mirador, o Rio Itapecuru apresenta tendência de baixa, porém ainda acumula grande volume, marcando o nível de 4,64 m na manhã desta quarta-feira (12). Alguns povoados ainda se encontram isolados.

Mirador tem um grande saldo de destruição após a enchente. Foto: Divulgação/CBMMA.
Mirador tem um grande saldo de destruição após a enchente. Foto: Divulgação/CBMMA.

Por lá, 20 estradas para povoados ficaram interditadas, quatro açudes transbordaram, 19 pontes foram destruídas ou danificadas e 31 casas desabaram. Entre os povoados que continuam alagados ou com estrada e ponte cortadas, estão: Boi Manso, Bananas (estrada cortada), Povoado Buritizinho, Povoado Taquari, Povoado Matias, Campo Grande, Olho D' Água e Guabiraba. Outros estão sendo verificados.

Famílias retiradas de área afetada por cheia do rio Tocantins. Foto: Divulgação/3ºBBM.
Famílias retiradas de área afetada por cheia do rio Tocantins. Foto: Divulgação/3ºBBM.

Em Imperatriz, o nível do rio Tocantins atingiu a marca de marca de 9,80 m, aproximadamente três metros acima da cota de inundação, nessa terça-feira (11). No município, 244 famílias estão desabrigadas ou desalojadas.

Cerca de 200 famílias do residencial Colina Park, em Imperatriz, que fica às margens da BR-010 com área que chega perto do Rio Tocantins, estão desalojadas por causa da enchente do rio. Eles fizeram um protesto na manhã de hoje para pedir apoio.

Leia mais:

Nível do rio Tocantins continua subindo e desabriga mais famílias em Imperatriz

Famílias são retiradas de área com risco de enchente em Caxias

Número de famílias atingidas por chuvas e cheias de rios no Maranhão passa de 770

Veja imagens de avenida com banco e lojas em Mirador durante e depois da enchente

Após cheia do rio Itapecuru, água invade casas em Buriti Bravo; 350 famílias foram atingidas

Vídeo: homem com sinais de infarto é levado a hospital de canoa após enchente

Cadastro de famílias afetadas, acomodação das pessoas em abrigos, entrega de refeições, lanches e cestas básicas, recebimento e separação de kits de higiene pessoal, roupas e demais donativos para distribuição estão entre os serviços prestados, segundo informações da Prefeitura de Imperatriz.

Nas cidades de Trizidela do Vale e Pedreiras, o nível do rio Mearim encontra-se próximo da cota de inundação. Bombeiros da 13ª CIBM e agentes das prefeituras já trabalham na retirada de algumas famílias dos locais de maior risco, quase cem abrigos públicos já estão prontos para ocupação.

Nos municípios mais afetados pelas chuvas intensas, equipes de Bombeiros mantém o trabalho de distribuição das cestas básicas, medicamentos e o transporte de famílias e de profissionais.

Além do emprego de equipes operacionais e do constante monitoramento das condições do tempo e dos volumes dos rios, o CBMMA segue prestando apoio técnico aos municípios no que se refere a adoção de procedimentos legais para Decretação de Situação de Emergência e na execução de processos para solicitação de auxílio aos afetados.

As principais ações do governo do Maranhão são a distribuição de cestas básicas e refeições por meio dos Restaurantes Populares, realização de exames e consultas, aplicação de vacinas com distribuição de máscaras, máquinas para desobstruir as vias e entrega de kits de eletrodomésticos.

A Secretaria do Desenvolvimento Social (Sedes) realizou a doação de dois mil colchonetes para os desabrigados e quentinhas no almoço e jantar nas localidades que possuem Restaurante Popular. A Secretaria de Saúde (SES) realiza, pelos ambulatórios volantes dentro dos abrigos, serviços de consultas médicas, exames, medicamentos, vacinas da caderneta vacinal e contra a Covid-19, testagem e distribuição de máscaras.

A Secretaria de Indústria e Comércio (Seinc) fez a doação de 250 kits para ajudar famílias atingidas pelas chuvas em Imperatriz. A doação foi viabilizada após parceria da Seinc com a iniciativa privada. Cada kit inclui geladeira, fogão, colchão, filtro d’água e cesta básica – no total, serão 1.250 itens. A Secretaria de Governo (Segov) fez a doação de cestas básicas para os seguintes municípios: Imperatriz (954 cestas); Mirador (1.500 cestas); São Pedro da Água Branca (500 cestas); e Grajaú (300 cestas).

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.