Medida de segurança

SEAP transfere 15 presos para unidade de segurança máxima em Pedrinhas

Medida faz parte de operação de inteligência, informou a Secretaria.

Imirante.com

- Atualizada em 27/03/2022 às 11h03
Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís.
Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís. (Foto: Divulgação)

SÃO LUÍS - A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (SEAP) confirmou a transferência de 15 internos da Unidade Prisional de Ressocialização (UPSL 4) para a Unidade Prisional de Ressocialização de Segurança Máxima (UPMAX), no Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís.

A transferência dos internos ocorreu na terça-feira (6), mas só foi comunicada pela SEAP nesta quarta-feira (7). "Tratam-se de operações integradas de segurança e inteligência do sistema penitenciário e que estão sob sigilo", diz a nota divulgada pela Secretaria.

De acordo com a SEAP, os internos transferidos já estavam custodiados em uma unidade considerada de segurança máxima dentro do Complexo Penitenciário de São Luís. Com a transferência para a UPMAX, cada preso ficará em uma cela individual.

A Secretaria ressalta ainda que os internos transferidos passaram por triagem e avaliação médica, mantendo todos os cuidados necessários na prevenção do novo coronavírus (Covid-19), da mesma forma que, durante a permanência deles na UPSL4, estas medidas já eram adotadas desde o início da pandemia.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.