No interior do MA

Homem é preso por maltratar bisavó, de 101 anos, e usar dinheiro da aposentadoria

Idosa foi encontrada em residência, em João Lisboa, em situação degradante, sem higiene e alimentação adequadas, em quarto sem ventilação e luz solar.

Imirante, com informações do MP-MA

- Atualizada em 14/08/2023 às 17h58
Idosa, de 101 anos, vivia em condições degradantes. (Foto: Reprodução/EPTV - Imagem ilustrativa)
Idosa, de 101 anos, vivia em condições degradantes. (Foto: Reprodução/EPTV - Imagem ilustrativa)

JOÃO LISBOA - Um homem, de 23 anos, foi preso suspeito de maltratar e explorar financeiramente a bisavó, de 101 anos. O Ministério Público do Maranhão, por meio da 2ª Promotoria de Justiça de João Lisboa acompanhou a prisão em flagrante.

Em uma das visitas à residência, a promotora de Justiça Maria José Lopes Correa encontrou a idosa em situação degradante, sem condições adequadas de higiene e alimentação, em um quarto de proporções mínimas, sem acesso a ventilação e luz solar e sem amparo familiar necessário, apesar de o benefício previdenciário ser utilizado para sustentar os demais moradores da casa, no caso a família do bisneto.

Segundo depoimentos de parentes da idosa, o bisneto da vítima utilizava o dinheiro da aposentadoria em benefício próprio e não garantia o mínimo necessário para a sobrevivência da bisavó.

Idosa vivia sem condições adequadas de higiene e alimentação. (Foto: Reprodução/TV Mirante)
Idosa vivia sem condições adequadas de higiene e alimentação. (Foto: Reprodução/TV Mirante)

A atuação da Promotoria de Justiça em favor da idosa foi imediata após o fato ser informado pelo Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), que já vinha acompanhando o caso.

O relatório do Creas aponta que, antes de recorrer à Promotoria de Justiça, foram realizadas diversas tentativas para que o bisneto e sua família cuidassem da idosa de forma adequada, mas, na última tentativa de visita de acompanhamento, a equipe do Creas foi impedida de ter acesso a ela, o que foi levado ao Ministério Público. A prisão em flagrante ocorreu após ser constatada a violação dos direitos da idosa.

Ele passou por audiência de custódia nessa segunda-feira (7) e já está solto.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram, TikTok e canal no Whatsapp. Curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.