Crime

Adolescente é apreendido por suspeita de envolvimento em latrocínio, em Itinga do Maranhão

O crime aconteceu em junho deste ano e vinha sendo investigado pela Polícia Civil de Itinga do Maranhão.

Imirante.com, com informações da Polícia Civil

A vítima do crime foi identificada como José Rosivaldo Pinheiro.
A vítima do crime foi identificada como José Rosivaldo Pinheiro. (Arte: Imirante.com)

ITINGA DO MARANHÃO - Um adolescente foi apreendido em Itinga do Maranhão, nesta terça-feira (6), suspeito de ter cometido latrocínio contra um homem identificado como José Rosivaldo Pinheiro, residente do município de Grajaú. 

A vítima trabalhava em Itinga do Maranhão, em uma empresa de reflorestamento e, de acordo com informações da Polícia Civil, o crime aconteceu no dia 10 de junho de 2022, quando José Rosivaldo estava na porta de uma casa que servia de alojamento para os funcionários da empresa, falando com sua esposa pelo celular, quando foi surpreendido com a chegada de dois indivíduos em uma motocicleta de cor vermelha. O ocupante da garupa da motocicleta anunciou o assalto.

A vítima tentou correr para dentro da residência, mas foi atingindo por um disparo de arma de fogo na região das costas. Os criminosos fugiram e Rosivaldo foi encaminhado ao hospital municipal de Itinga do Maranhão, mas não resistiu ao ferimento e morreu.

A Polícia Civil de Itinga do Maranhão passou a investigar o caso e concluiu que o adolescente infrator seria o garupa da motocicleta que efetuou o disparo, já o piloto do veículo seria um outro indivíduo maior de idade. Além de identificar os dois autores do crime, a Polícia Civil também identificou a motocicleta usada no delito.

No final das investigações, a Autoridade Policial representou pela decretação da internação provisória do adolescente, que foi deferido pelo Poder Judiciário local. O adolescente foi apreendido na manhã de hoje (6), durante diligencias da Polícia Civil, sendo conduzido a Delegacia de Polícia do município para os procedimentos de praxe. O adolescente aguarda autorização judicial para seu encaminhamento até a FUNAC de Imperatriz, onde permanecerá a disposição da justiça.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.