Preocupante

PRF multa motociclistas no interior do Maranhão por falta de capacete

Outras 16 multas foram aplicadas por ultrapassagem indevida.

Tátina Viana/Imirante.com

- Atualizada em 27/03/2022 às 11h16
A ausência de equipamentos de segurança obrigatórios é constatada em várias partes do Brasil.
A ausência de equipamentos de segurança obrigatórios é constatada em várias partes do Brasil. (Foto: Reprodução/Internet)

IMPERATRIZ - Nenhum acidente foi registrado nas rodovias federais que cortam a Região Tocantina nos últimos três dias, em contrapartida, no balanço da Polícia Rodoviária Federal do fim de semana, de 19 a 21 de outubro, constam 39 multas por ausência de equipamentos de segurança obrigatórios.

Foram 30 condutores autuados por não utilizarem o capacete ou mesmo por transportarem passageiros em motocicletas sem o capacete, 5 motoristas flagrados sem o cinto de segurança, e uma multa porque uma criança era transportada sem a cadeirinha. Outras 16 multas foram aplicadas por ultrapassagem indevida.

Parte dessas multas foi registrada na BR-226, em Barra do Corda. A rodovia recebeu o reforço da PRF na fiscalização de combate aos assaltos no trecho que passa pelas aldeias indígenas. Em algumas cidades do interior do Maranhão ainda é comum ver motociclistas pilotando os veículos sem o uso do capacete.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.