Violência

Deputada diz que cobrará informações sobre feminicídio em Dom Pedro

O principal suspeito do crime é o empresário Rony Veras Nogueira, de 41 anos, que era marido da vítima.

Ipolítica

Marido Rony Veras é suspeito de tar matado esposa, Ianca do Amaral
Marido Rony Veras é suspeito de tar matado esposa, Ianca do Amaral (Reprodução/Redes sociais)

DOM PEDRO - A deputada estadual Daniella (PSB) anunciou nesta domingo (1º) que cobrará informações sobre o assassinato da jovem Ianca Vale do Amaral, de 26 anos, ocorrido na noite de sábado (30) na cidade de Dom Pedro, interior do Maranhão.

O principal suspeito do crime é o empresário Rony Veras Nogueira, de 41 anos, que era marido da vítima.

A parlamentar disse que acompanhará o caso de perto. "Protocolarei pedido de informações sobre o assassinato da jovem Ianca Amaral, que teve sua vida tirada na cidade de Dom Pedro, de maneira covarde e absurda. O principal suspeito segue foragido. Não deixaremos que esse crime fique impune! Minha solidariedade aos familiares”, declarou.

O crime - A polícia informou que o crime ocorreu na residência do casal, localizada na avenida Gonçalves Dias, no centro desse município. Após o ato criminoso, o autor permaneceu trancado em um dos cômodos da casa até a chegada da polícia. Os militares optaram por não invadir o local temendo por alguma reação do suspeito.

Foi pedido reforço policial, mas, o suspeito conseguiu fugir pelos fundos da casa. O corpo da vítima foi removido ao hospital da cidade para ser necropsiado. O caso é investigado pela Polícia Civil.

Rony Veras é dono de um posto de combustível e de uma churrascaria, localizados nessa região. Ele tinha casado com a vítima no ano passado e o crime acabou gerando comoção aos moradores de Dom Pedro.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.