Tiro

Suspeito de agredir vigilante e roubar residências morre durante confronto policial em Coroatá

Os militares ainda apreenderam uma pistola 380, e o criminoso chegou a ser levado para o hospital onde morreu.

Imirante.com

- Atualizada em 22/07/2022 às 14h18
O suspeito de roubo e agredir vigilante foi morto durante confronto policial em Coroatá.
O suspeito de roubo e agredir vigilante foi morto durante confronto policial em Coroatá. (Divulgação)

COROATÁ -  Um homem, identificado como Ofelenio Neto, que é suspeito de ter agredido fisicamente um vigilante e de roubar residências, morreu durante confronto policial, na quinta-feira (21), em Coroatá, interior do Maranhão. Em poder dele, foi apreendida uma pistola 380.

Leia também em: 

Homem é morto com tiro de espingarda  nas costas, em Coroatá

Suspeito de matar homem a golpes de facão é preso pela polícia em Coroatá

De acordo com a Polícia Militar, Neto em companhia de outro criminoso portando arma de fogo são suspeitos de roubar no decorrer da madrugada de quinta-feira residências, no bairro Jordão, em Coroatá. 

Eles ainda teriam agredido fisicamente e roubado a motocicleta de um vigilante, nome não revelado. Os militares ficaram sabendo do fato e começaram a realizar incursões em Coroatá e nas cidades vizinhas. 

A polícia também informou que somente durante a noite de quinta-feira que as guarnições militares localizaram Neto, no bairro União. Houve troca de tiros. Neto acabou sendo baleado e levado para o hospital de Coroatá onde morreu antes de ser submetido a tratamento cirúrgico. Uma pistola calibre 380 foi apreendida e apresentada na delegacia.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.