Prisão

Suspeito de comandar organização criminosa no Ceará é preso em Chapadinha

O criminoso ainda é suspeito de homicídio, tráfico de droga, violação de domicílio, uso de documento falso e estupro.

Imirante.com

- Atualizada em 24/06/2022 às 17h25
O foragido do Cerará foi preso em Chapadinha.
O foragido do Cerará foi preso em Chapadinha. (Foto: Reprodução)

CHAPADINHA -  Um suspeito de comandar uma organização criminosa com atuação no Ceará e nos outros Estados do nordeste, Alexandre Ximenes de Carvalho, também identificado como Jacaré ou Pica-Pau, foi preso nesta sexta-feira (24), na cidade de Chapadinha, interior do Maranhão.

Leia também em: 

Foragido do Ceará por comercialização de haxixe é preso em São Luís

Foragido é preso na capital portando arma de fogo com numeração raspada

A polícia informou que os passos desse criminoso vinham sendo investigado há dois meses. Nesta sexta-feira, os policiais fizeram um cerco em Chapadinha e conseguiram efetuar a prisão desse criminoso que foi conduzido para a delegacia. 

Os policiais ainda apreenderam uma espingarda, colete balístico, mira telescópica, faca tática, rádio comunicador, pistolas, carregadores, granadas, dois veículos, munições de calibres diversos, balança de precisão, dinheiro e cadernos de anotação da venda de droga.

Procurado

A polícia informou que Alexandre Ximenes era um dos mais procurados pela polícia cearense. Ele é suspeito de chefiar uma organização criminosa com atuação no Ceará e nos outros estados do nordeste como também responde a homicídio, tráfico de droga, violação de domicílio, uso de documento falso e estupro.

No mês de novembro do ano passado, Alexandre Ximenes foi incluído no Programa Estadual de Recompensa do Ceará. Este programa tem o objetivo de estimular o auxílio da população nas operações policiais e nas investigações criminais a cargo dos órgãos estaduais de segurança pública.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.