Estupro de vulnerável

Após ser visto com vítima em matagal, padrasto é preso por estuprar enteadas em Carutapera

O investigado costumava mudar de residência; policiais cumpriram mandado de prisão preventiva contra ele.

Imirante, com informações da PC-MA

- Atualizada em 13/04/2022 às 07h25
Caso de estupro de vulnerável é investigado em Carutapera;
Caso de estupro de vulnerável é investigado em Carutapera; (Arte: Imirante.com)

CARUTAPERA - Foi preso no município de Carutapera um homem investigado pelo crime de estupro contra as duas enteadas dele, menores de idade. Ele chegou a ser visto praticando abuso sexual contra uma das vítimas em uma área de matagal.

De acordo com o delegado da Polícia Civil do Maranhão Carlos Magno, o crime foi descoberto pelo Conselho Tutelar do município que, recebeu informações relatando que o padrasto vinha abusando sexualmente da menores de forma constante. 

Um dos informantes afirmou que viu o criminoso abusando de uma das enteadas em uma região de matagal e disse também que o homem era violento praticando inclusive ameaças a esposa e as filhas caso relatassem à polícia. O preso tem cinco filhos com a atual companheira e duas enteadas.

Durante as investigações, ficou constatado que o investigado costumava mudar de residência quando desconfiava que a polícia poderia descobrir o crime. “A ação policial desta vez teve que ser rápida porque tivemos notícia que ele já estava se preparando para mudar mais uma vez, já que suspeitava que uma de suas filhas havia falado sobre os abusos que ele cometia no conselho”, disse o delegado Carlos Magno.

Na última segunda-feira (11), a equipe policial se deslocou a residência do investigado e cumpriu um mandado de prisão preventiva contra ele. O preso foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil de Carutapera. 

Após os procedimentos de praxe, ele foi encaminhado ao Sistema Penitenciário de Godofredo Viana, onde permanecerá à disposição da Justiça.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.