Atos antidemocráticos

Senado identifica mais invasores do Congresso e fará nova denúncia à PGR

Expectativa é que representação seja entregue ainda nesta semana. No dia 8 de janeiro, vândalos bolsonaristas radicais invadiram e depredaram o Congresso, o Planalto e o STF.

Ipolitica

- Atualizada em 25/01/2023 às 14h50
Senado identifica mais invasores do Congresso e fará nova denúncia à PGR
Senado identifica mais invasores do Congresso e fará nova denúncia à PGR (Atos terroristas em Brasília)

BRASÍLIA- A polícia do Senado identificou mais 23 pessoas que invadiram e depredaram o Congresso Nacional nos atos terroristas de 8 de janeiro, em Brasília. A denúncia será apresentada à Procuradoria-Geral da República nos próximos dias, pelo presidente da Casa Rodrigo Pacheco (PSD-MG). 

Esta será a segunda representação apresentada pelo Senado à PGR desta vez, porém, para garantir a indenização pelos danos causados ao patrimônio público.

A Casa ainda analisa mais materiais e pode apresentar, em breve, outras representações contra novos criminosos que venham a ser identificados. O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), apresentou um primeiro pedido a Augusto Aras no dia 13 deste mês. Rapidamente, no dia 16, a Procuradoria-Geral da República formalizou um pacote de denúncias contra os primeiros criminosos identificados. 

A PGR já apresentou novas denúncias. Na segunda-feira (23), mais 54 extremistas foram denunciados pelo Ministério Público, ao todo, já são 98 alvos das ações. Os extremista já identificados respondem por diversos crimes, entre eles, incitação associação criminosa armada e abolição violenta do Estado democrático de Direito 


 

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.