Proteção

Vacinas devem proteger infectados por variante Ômicron, diz secretário

Afirmação é de Sajid Javid, secretário de Saúde do Reino Unido.

Agência Brasil

- Atualizada em 26/03/2022 às 18h58
É possível que as vacinas sejam menos eficazes contra a variante Ômicron.
É possível que as vacinas sejam menos eficazes contra a variante Ômicron. ( Foto: Myke Sena / MS)

LONDRES (REINO UNIDO) - O secretário de Saúde do Reino Unido, Sajid Javid, disse, nesta quarta-feira (1º), que é possível que as vacinas sejam menos eficazes contra a variante Ômicron do coronavírus, mas que elas ainda devem proteger infectados pela nova cepa de doenças graves.

Leia mais

Covid-19: dois casos da variante ômicron são identificados no Brasil

"Nossa melhor forma de defesa ainda continua sendo nossas vacinas", disse Javid à Sky News. "É possível, claro, que seja menos eficaz. Só ainda não sabemos ao certo. Mas também é muito provável que permaneça eficaz contra doenças graves", afirmou.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter e Instagram e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.