Em Suzano

Único ferido em ataque a escola que ainda estava internado recebe alta

O ataque à escola, ocorrido no dia 13 de março, foi provocado por dois ex-alunos encapuzados e armados.

Imirante.com / com informações da Agência Brasil

- Atualizada em 27/03/2022 às 11h13
Na escola, morreram cinco alunos, duas professoras e os dois atiradores.
Na escola, morreram cinco alunos, duas professoras e os dois atiradores. (Foto: Reprodução)

BRASÍLIA - O único estudante que ainda estava internado após o ataque à Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano, recebeu alta médica no fim da manhã de hoje (2). O estudante, de 15 anos, estava internado na enfermaria do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), na capital paulista. A informação foi confirmada pelo governo paulista.

Leia também:

Estudantes retomam atividades em escola de Suzano 13 dias após ataques

Suposto caso de ameaça de violência em escola é investigado na capital

O ataque à escola, ocorrido no dia 13 de março, foi provocado por dois ex-alunos encapuzados e armados. Na escola, morreram cinco alunos, duas professoras e os dois atiradores. Antes de invadir a escola,os atiradores mataram um comerciante, que era tio de um deles. Onze pessoas ficaram feridas.

Evento pela paz

No próximo dia 13, quando se completa um mês do ataque à Escola Raul Brasil, a cidade promoverá o evento Suzano pela Paz. Segundo a prefeitura, a programação inclui apresentações artísticas, exposições e atrações gastronomia. O evento Suzano pela Paz será realizado nas dependências do Parque Municipal Max Feffer, entre as 9h e as 18h.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.