Manifestação

Indígenas retomam protesto na BR-226 cobrando melhorias na área da saúde

Eles alegam falta de medicamentos e de combustível para as ambulâncias.

Imirante, com informações da PRF-MA

Manifestação bloqueia trecho da rodovia BR-226. Foto: Rodrigo Costa.
Manifestação bloqueia trecho da rodovia BR-226. Foto: Rodrigo Costa.

BARRA DO CORDA - Indígenas de aldeias do Maranhão, especialmente os da reserva Cana Brava, retomaram o protesto na BR-226, entre Barra do Corda e Grajaú, na manhã desta sexta-feira (8). Eles reclamam de problemas relacionados à saúde, como falta de medicamentos e de combustível para as ambulâncias.

Filas de veículos, principalmente caminhões, se formaram mais uma vez no trecho interditado pelos indígenas na BR-226. Eles já tinham bloqueado a rodovia nesta semana.

Os indígenas também exigem que Alberto José Goulart, o coordenador do Distrito Sanitário Especial Indígena (Dsei-MA), deixe o cargo. 

Longo engarrafamento se formou na rodovia por causa do protesto. Foto: Rodrigo Costa
Longo engarrafamento se formou na rodovia por causa do protesto. Foto: Rodrigo Costa

A Polícia Rodoviária Federal do Maranhão (PRF-MA) informou que tenta dialogar com os indígenas para que a via seja desobstruída, mas não há, até o momento, previsão de liberação da BR-226.

A reportagem procurou o coordenador do Dsei-MA e aguarda um posicionamento dele.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.