No fim de semana

Operação apreende motocicletas roubadas e cédula falsa de dinheiro em Bacabal

Ações foram realizadas conjuntamente entre as polícias Civil e Militar do Maranhão.

Imirante.com, com informações da SSP-MA

- Atualizada em 27/03/2022 às 11h03
Cédula falsa de dinheiro apreendida em um bar. (Foto: Divulgação / SSP-MA)
Cédula falsa de dinheiro apreendida em um bar. (Foto: Divulgação / SSP-MA)

BACABAL – Uma ação conjunta entre as polícias Civil e Militar do Maranhão deu cumprimento a mandado de prisão, apreensão de veículos roubados e 'cédula' falsa de dinheiro. A operação foi realizada, nesse sábado (17), em Bom Lugar, distante 283 km de São Luís, e em Bacabal, município a 250 km da capital maranhense.

De acordo com informações da Polícia Civil, o cumprimento de mandado de prisão foi realizado no município de Bom Lugar, após trabalho investigativo e de monitoramento. A polícia não informou o motivo pelo qual o mandado foi cumprido.

Ainda segundo a polícia, além da prisão do suspeito, uma motocicleta roubada também foi apreendida em Bom Lugar. Todas as ocorrências foram atendidas pela Delegacia de Bacabal.

Já em Bacabal, dando continuidade a operação, a Polícia Militar conduziu à delegacia, na noite de sábado, uma mulher que estava pilotando uma motocicleta roubada. A vítima, dona do veículo, informou aos PMs que foi assaltada, na noite de sexta-feira (16), por um casal que portava arma branca.

Na Delegacia Regional de Bacabal, a suspeita não foi reconhecida pela vítima, sendo posteriormente liberada e o veículo devolvido à proprietária.

Uma das motocicletas aprendidas na operação. (Foto: Divulgação / SSP-MA)
Uma das motocicletas aprendidas na operação. (Foto: Divulgação / SSP-MA)

Já no fim da noite de sábado, equipes das polícias Civil e Militar realizaram abordagens, de forma preventiva, nos bairros Trizidela, Areia, Vila Pedro Brito, Terra do Sol, novo Bacabal e Centro, todos em Bacabal. Na ação, foram apreendidos, em um bar, um canivete e uma cédula falsa de R$ 420.

Relação entre o número 420 e a maconha

A origem do 420, relacionada ao uso de maconha, remete ao ano de 1971, quando passou a ser usado como uma senha por estudantes de ensino médio de San Rafael, no estado americano da Califórnia.

No outono daquele ano, cinco adolescentes encontraram um mapa desenhado a mão que supostamente mostrava a localização de uma plantação de maconha em Point Reyes, próximo a San Francisco.

Eles resolveram encontrar o "tesouro" e marcaram de se reunir para a expedição as 4h20 da tarde. Nunca encontraram a plantação, mas a hora do encontro não seria mais esquecida.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.