Violência

Indígena Guajajara é morto com seis tiros em Arame, no Maranhão

Já foram três mortes de indígenas registradas em menos de duas semanas no Estado.

Imirante.com

- Atualizada em 13/09/2022 às 15h08
Antônio Cafeteiro Silva Guajajara foi atingido com seis tiros.
Antônio Cafeteiro Silva Guajajara foi atingido com seis tiros. (Divulgação)

ARAME - O indígena Antônio Cafeteiro Silva Guajajara morreu, nesse domingo (11), após ser atingido com seis tiros na estrada do Povoado Jiboia, no município maranhense de Arame.

Mais outros dois assassinatos de indígenas da etnia Guajajara já haviam sido registrados há poucos dias no Maranhão. 

Leia também: 

Indígenas são mortos, um a tiros e outro atropelado, em Amarante do Maranhão e Arame 

Polícia já tem um suspeito de assassinar indígena em Amarante do Maranhão 

De acordo com informações da Polícia Civil, Antônio Cafeteiro Silva Guajajara morava na aldeia Lagoa Vermelho, na Terra Indígena (TI) Arariboia. A polícia está investigando o caso, mas ainda não há mais detalhes sobre as circunstâncias do crime.

 

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.