Lançamento

Espaçoporto de Alcântara se prepara para realizar a Operação Santa Branca

Com janela de lançamento de 22 a 26 de outubro, foguete VSB-30 levará a bordo experimento do INPE.

Imirante.com, com informações da Agência Espacial Brasileira

O último lançamento com o VSB-30, no Brasil, ocorreu em 2016, na Operação Rio Verde.
O último lançamento com o VSB-30, no Brasil, ocorreu em 2016, na Operação Rio Verde. (divulgação / FAB)

ALCÂNTARA - Começam os preparativos para a Operação Santa Branca, com a realização de palestras educativas nas escolas de Alcântara. A Operação consiste no lançamento, a partir do município de Alcântara, de um foguete VSB-30 que possui, como módulo de carga útil, o Modelo de Qualificação da Plataforma Suborbital de Microgravidade (MQ-PSM). Após a qualificação, a PSM será utilizada para a realização de experimentos em ambiente de microgravidade. 

O último lançamento com o VSB-30, no Brasil, ocorreu em 2016, na Operação Rio Verde. O foguete, desenvolvido pelo Instituto de Aeronáutica e Espaço (IAE), em parceria com o Centro Aeroespacial Alemão (DLR), carregava a carga útil MICROG-2, que levou a bordo oito experimentos científicos e tecnológicos selecionados pelo Programa Microgravidade da Agência Espacial Brasileira (AEB).

O voo deste ano levará uma carga útil nacional. A Plataforma Suborbital de Microgravidade (PSM) foi desenvolvida por meio de uma parceria entre a Agência Espacial Brasileira, a empresa Orbital Engenharia, a Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP) e o Instituto de Aeronáutica e Espaço (IAE). Nessa plataforma, será embarcado um conjunto de instrumentos para a avaliação do desempenho do voo e o experimento “Forno Multiusuários”, desenvolvido pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE).

A janela de lançamento está programada entre os dias 22 e 26 de outubro. O sucesso da Santa Branca permitirá ao País explorar este tipo de lançamento para os interessados na pesquisa científica e no desenvolvimento de tecnologias no ambiente de microgravidade. “O Brasil poderá prover, de forma autônoma, serviços de experimentação em ambiente microgravidade, usando o Centro Espacial de Alcântara (CEA), o VSB-30 e a PSM. Abriremos, também, um mercado para a indústria espacial brasileira, para os empreendedores e para as Instituições de Ciência e Tecnologia”, enfatiza Carlos Moura, presidente da Agência Espacial Brasileira. 

O Programa Microgravidade foi criado em outubro de 1998, por meio da Resolução nº 36, do Conselho Superior da AEB. Ele teve sua última reestruturação em janeiro de 2015. O objetivo é viabilizar a realização de experimentos científicos e de desenvolvimento tecnológico, por meio de seleção, com base no mérito científico-acadêmico-tecnológico, de propostas submetidas a Anúncios de Oportunidades (AOs).

Palestras educacionais realizadas em paralelo à Operação Santa Branca

04/10: Escola Inácio de viveiros Raposo 

05/10: Escolas Barão de Grajaú e Antônio Lobo 

07/10: Escola José Wilson Bezerra de Farias 

11/10: Escola Caminho das Estrelas 

13/10: Escola Dom Pedro II 

18/10: Escola Governador Newton Bello 

19/10: Escolas Eurico de Jesus e Marechal Castelo Branco 

21/10: Escola Tereza Martins 

25/10: Escola Joaquim Ribeiro 

26/10: Escola Dr. Facure 

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.