Realidade

Deputado lamenta falta de segurança

O Estado

- Atualizada em 27/03/2022 às 13h25

AÇAILÂNDIA - O deputado Waldir Maranhão (PP-MA) lamentou que a importância econômica de Açailândia não sensibiliza as autoridades que fazem a gestão do sistema de segurança do Maranhão. “O município de 110 mil habitantes virou refém da bandidagem e há um clima de tensão por conta dos constantes assaltos a estabelecimentos comerciais e a residências, inclusive com a morte das vítimas”, contou Waldir Maranhão.

O deputado observa que a situação torna-se mais grave porque constantes fugas são registradas na delegacia de polícia. As condições da segurança pública de Açailândia, segundo o parlamentar, é um retrato cruel da realidade de boa parte dos municípios do Maranhão.

“No município de São Mateus, por exemplo, a justiça mandou interditar a única delegacia em razão das péssimas condições de infra-estrutura do prédio”, destacou o parlamentar.

Em levantamento realizado pela Folha de São Paulo e recentemente divulgado, indica que o Maranhão tem o sexto maior déficit de delegados do país. No estado, faltam 251 delegados, o que representa uma defasagem de 45,63%.

“Esse problema cria situações inusitadas como no município de São Domingos, onde os agentes são funcionários do setor administrativo da prefeitura. Um deles exerce a função de delegado, o que contraria completamente a lei”, analisou Maranhão.

O deputado recordou que em diversas oportunidades fez pronunciamentos no plenário da Câmara sobre a crise na segurança pública do Maranhão.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.