Identidade cultural

Dia Nacional do Bumba Meu Boi: Patrimônio Cultural do Brasil, orgulho de todos os maranhenses

Manifestação popular, que une em seus rituais o lúdico e o religioso, é um importante símbolo da cultura do Maranhão.
Na Mira, com informações da Secretaria Especial de Cultura30/06/2020 às 10h48
Dia Nacional do Bumba Meu Boi: Patrimônio Cultural do Brasil, orgulho de todos os maranhensesO bumba meu boi está intimamente ligado à identidade do povo maranhense. (Reprodução)

SÃO LUÍS – Nesta terça-feira, 30 de junho, é celebrado o Dia Nacional do Bumba Meu Boi, uma das maiores manifestações folclóricas do Brasil e que enche os maranhenses de orgulho. O mês de junho, no Maranhão, é marcado pelas apresentações dos grupos de boi nos arraiais espalhados por várias cidades, deixando viva uma tradição que atravessa gerações.

Saiba mais:

Conheça a história por trás dos cinco sotaques de bumba meu boi

Com cancelamento de festas nas ruas, grupos criam alternativas de louvação

Considerado como Patrimônio Cultural do Brasil, a manifestação popular, que une em seus rituais o lúdico e o religioso, é um importante símbolo da cultura do Maranhão, estando intimamente ligado à identidade de seu povo.

O artesanato, os instrumentos musicais, o bordado do couro do Boi e da indumentária dos participantes representam a devoção a São João, São Pedro e São Marçal. Porém, embora esteja muito ligado à religiosidade católica, o Bumba-Meu-Boi também traz em suas coreografias muitos elementos de cultos afro-brasileiros.

Composto por seu valor simbólico, o Complexo Cultural Bumba Meu Boi do Maranhão reúne a dança, a música, a poesia, o teatro, os cenários, os instrumentos, as indumentária e os papéis desempenhados pelos diversos sotaques encontrados nessa manifestação cultural.

A lenda do boi

A história do bumba meu boi do Maranhão está relacionada a lenda de Catirina e Pai Francisco, personagens centrais do enredo.

Reza a lenda que, grávida de Pai Francisco, Catirina tem o desejo de comer a língua de boi. Para realizar o desejo de sua esposa, ele corta a língua de um boi da fazendo em que trabalhava.

O dono da fazenda encontra o boi doente e pede ajuda aos pajés para curar o animal. Depois de ver seu boi curado, o fazendeiro perdoa Pai Francisco e celebra a saúde do boi com uma grande festa.

Sotaques

Vários são os chamados sotaques (estilos musicais) dos grupos de bumba meu boi, entre eles estão: orquestra, matraca, zabumba, costa de mão, floresta, da baixada. Cada um tem sua peculiaridade, beleza e tradição.

Arraial Bumba Minha Casa

Em 2020, não foi possível a realização dos tradicionais e tão esperados arraiais nos quatro cantos da ilha de São Luís, em decorrência da pandemia da Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. Entretanto, a temporada junina não passou despercebida.

O Grupo Mirante, em parceria com a agência Phocus Propaganda, estão realizando a primeira edição do Bumba Minha Casa, um arraial totalmente on-line, em que as pessoas podem curtir e dançar de casa mesmo, ao som de grupos de bumba meu boi e artistas maranhenses como Alcione, Mano Borges e César Nascimento.

Toda a programação está sendo transmitida, ao vivo, pelo portal bumbaminhacasa.com e pelo canal do YouTube do Imirante.com. A influencidora digital Thaynara OG e o radialista João Marcos comandam a festança.

O primeiro dia de live foi nessa segunda-feira (29), Dia de São Pedro, e contou com show de Alcione, Boi da Maioba, Boi de Axixá e Boizinho Barrica.

A próxima live será realizada nesta sexta-feira (3), a partir das 20h, e contará com show de Mano Borges, com participação de Betto Pereira, César Nascimento e Erasmo Dibell, logo após, Boi de Nina Rodrigues e, fechando a noite, Boi de Santa Fé.

O último dia de lives será no dia 10 de julho, também a partir das 20h, com show da banda Mesa de Bar, Boi de Maracanã e Boi de Morros.

Durante as lives, o público pode fazer doações para ajudar os grupos de Bumba Meu Boi que foram prejudicados pela não realização do São João este ano devido à pandemia.

Leia outras notícias em PortalNamira.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.