Longa maranhense

De sonho à realidade, "Terminal Praia Grande" terá estreia nacional

O filme foi selecionado para mostra competitiva no RJ.
Anne Cascaes/ Na Mira 09/12/2019 às 09h54
No elenco principal, está a atriz Aurea Maranhão, que teve participação recente na novela A Dona do Pedaço. (Foto: divulgação)

SÃO LUÍS – Do Maranhão para as telas cariocas. O longa-metragem Terminal Praia Grande foi selecionado para uma das mais tradicionais mostras competitivas do Rio de Janeiro: a Novos Rumos.

O filme foi produzido por Mavi Simão, que nasceu em São Paulo, mas come farinha d’água desde criancinha, como ela mesma faz questão de deixar claro.

O Festival do Rio, para o qual Terminal Praia Grande foi indicado, é o maior festival da América Latina e possui uma estrutura semelhante à que vemos em Cannes.

Além disso, ele favorece a busca por novos olhares de quem produz e participa do desenvolvimento de longas através da mostra competitiva em que o longa maranhense foi classificado.

Leia também:

Maranhão na Tela divulga filmes selecionados para edição 2019

Atriz maranhense integra elenco de nova novela da Globo

“Desde que eu estava filmando, o meu desejo, a minha vontade e o meu sonho era estrear na Novos Rumos. Além disso ter um significando quanto à importância do Festival, tem um significado pessoal também pra mim, porque eu morei muitos anos no Rio e tenho uma relação afetiva com o Festival”, explica Mavi.

Com uma felicidade imensa, posso finalmente anunciar que TERMINAL PRAIA GRANDE, meu primeiro longa-metragem, foi selecionado na mostra competitiva Novos Rumos do Festival do Rio. O Festival do Rio é o maior festival da America Latina, um festival internacional de grande porte, que exibe centenas de filmes incríveis a cada edição e tem apenas duas categorias competitivas. Somente 17 longas-metragens de ficção estarão concorrendo ao Troféu Redentor esse ano e TERMINAL PRAIA GRANDE estará entre eles, ou melhor dizendo, e o cinema maranhense estará entre eles! Esse filme foi feito por um bando extremamente talentoso de maranhenses, uma equipe linda, competente e que superou tudo e mais um pouco para conseguir filmar um longa-metragem em apenas uma semana. Foi graças a essas pessoas que esse filme nasceu e está fazendo sua estreia no melhor festival que ele podia estar. É com eles que eu quero dividir a realização desse sonho! Obrigada queridos. Sem vocês não teria sido possível Obrigada pelos momentos únicos que tivemos, eles foram impressos pra sempre! @aurea.maranhao @lznrafael @vicentesimaojr @sa_lucas_ @ruy_castro @bernardo_uzeda @pedrosaboya @lechapelier @lunagandra @crisquaresma @caviborges_oficial @neilalbertina @lucianobarteix @_cleide.c_ @jonas_dahora_filmes @walcunha @tietamacau @ripsvetlana @eriveltoviana @jorge.choairy @mariaethels @barretogabriel @andrelucap @chuseto @webezerra @dionescaldas

Uma publicação partilhada por Mavi Simao (@mavisimao) a

A cineasta conta que tinha uma produtora que funcionava em cima do cinema principal do Festival, na época em que ela morava lá, o que faz com que essa seja uma seleção cheia de simbologia pra ela, que teve o seu filme entre os oito, no total, que foram selecionados.

Sobre o longa-metragem

Mavi afirma que a primeira inspiração para o surgimento do longa foi um conto de Júlio Cortázar chamado “Ônibus”.

“Terminal Praia Grande nasceu como um curta, mas eu não filmei ele e fiquei com uma vontade enorme de fazer essa história. Então quando abriu o edital, no Maranhão, eu resolvi trabalhar melhor a história e escrevê-lo na categoria Telefilme, que são filmes pra televisão, mas que podem antes fazer carreira em festivais”, contou.

Fazer cinema no Maranhão era um sonho que acompanhava Mavi e finalmente pode ser realizado. A equipe que esteve engajada no desenvolvimento do filme é toda maranhense, à exceção de um ator e diretor de produção que Mavi trouxe de fora.

(Foto: divulgação)

“Ter essa autonomia de equipe e conseguir fazer um filme com pessoas tão talentosas foi, de fato, realizar um sonho. Desde muito tempo eu acredito no potencial do Maranhão para o cinema”, diz Mavi que também é a idealizadora do Festival Maranhão na Tela, que foi realizado nessa última semana, no Centro Histórico de São Luís.

A estreia nacional do Terminal Praia Grande vai ser realizada na Premiere Brasil, dentro da Mostra Novos Rumos.

Elenco

Do primeiro ao último dia de produção do Terminal Praia Grande, o elenco fez um esforço máximo para entregar o melhor de si na atuação. “Eles sempre estiveram ali, dando o seu melhor. E o filme é resultado de todos esses talentos e da garra e motivação deles. A entrega de cada um foi incondicional”, lembra Mavi, de forma afetiva.

Leia outras notícias em PortalNamira.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.