Noite de rock

São Luís se conecta com Pitty em show detonante e nostálgico na Litorânea

A cantora se apresentou na capital nessa sexta (18), no Círculo Militar.
Neto Cordeiro/Imirante.com19/01/2019 às 11h21
Sucedida pela banda Raiz Tribal, Pitty partiu deixando o rastro de um espetáculo alucinante e detonador. / Foto: Luciano Dias/Imirante.com.

SÃO LUÍS - A noite dessa sexta-feira (18) foi de som pesado na capital maranhense. Após sete anos, a cantora Pitty retornou a São Luís para mais uma apresentação de alto nível, com realização da Pororoca Produções.

O público até ficou retraído no início, diante da chuva e dos trovões, no entanto, o cenário do Círculo Militar, na avenida Litorânea, esquentou com a entrada da cantora. E o que que a baiana tem? Pitty, que está percorrendo pelo país com a turnê Matriz, tem um repertório valioso. O show restaura hits de sua carreira que foram repaginados com novos arranjos, músicas mais cruas da forma como foram criadas e outras canções novas, além de um palco com aspecto visual mais intimista nesta fase.

Sucedida pela banda Raiz Tribal, Pitty partiu deixando o rastro de um espetáculo alucinante e detonador. / Foto: Luciano Dias/Imirante.com.

O evento foi aberto pela banda Cruz de Metal, que aqueceu a galera até o momento em que a estrela Pitty foi anunciada. Com a promessa de manter vivo o rock'n'roll em São Luís, Ricardo Pororoca convidou a rockeira para o palco. E, claro, ela quebrou tudo!

Talento, autenticidade e toda uma preocupação em garantir uma noite inesquecível aos fãs, dessa forma, Pitty e sua banda, logo de cara, impactam com uma tríade de sucessos: "Admirável Chip Novo" (2003), "Anacrônico" (2005) e "Sete Vidas" (2014).

Os fãs, em total sintonia, fizeram um coro enlouquecido por versos que marcaram época. Cada uma das músicas que abriram o show pertence a um disco distinto da rockeira.

Sucedida pela banda Raiz Tribal, Pitty partiu deixando o rastro de um espetáculo alucinante e detonador. / Foto: Luciano Dias/Imirante.com.

Vale ressaltar que não é só rock não. Engana-se quem pensa que Pitty é apenas isso. Ao longo de sua carreira, ela tem mostrado sem medo que pode muito mais, que consegue trilhar e se arriscar por sonoridades diversas.

O mais recente lançamento, "Te Conecta", comunga com a veia jamaicana dos ludovicenses. Nos primeiros minutos da apresentação, veio a canção em reggae que desacelera a batida do rock com a aclamação da galera.

Matriz é uma turnê construída em bases firmes. "Memórias" (2005), "Na Sua Estante" (2005) e "Máscara" (2003) são mais outros sucessos que preenchem a noite com emoção e nostalgia. Entre esses marcos, os novos experimentos sonoros são mostrados com a habilidade de quem sabe onde está pisando.

Sucedida pela banda Raiz Tribal, Pitty partiu deixando o rastro de um espetáculo alucinante e detonador. São Luís não esperou ela ir embora para perceber e retribuiu com muito amor.

Leia outras notícias em PortalNamira.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.