São João

Dia do Tambor de Crioula é comemorado no Arraial da Maria Aragão nesta segunda (18)

A manifestação cultural é típica do Maranhão e envolve dança, canto e percussão.
Imirante.com / com informações da assessoria17/06/2018 às 12h00
Dia do Tambor de Crioula é comemorado no Arraial da Maria Aragão nesta segunda (18)A dança foi reconhecida em 2007 como Patrimônio Imaterial da Cultura Brasileira pelo Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). (Foto: divulgação)

SÃO LUÍS - O Dia Nacional do Tambor de Crioula é comemorado nesta segunda-feira (18) e, para celebrar a data, vai ser realizado o evento 'Tambor de crioula e seus mestres: Ensinando e aprendendo', a partir das 14h, no auditório do Memorial da Praça Maria Aragão, no Centro de São Luís. O evento é realizado pelo mestre Paulo, com o apoio da Prefeitura de São Luís por meio da Secretaria Municipal de Cultura de São Luís (Secult). A programação conta com roda de conversa com mestres, mestras e coreiras e encerra com uma roda de tambor de crioula.

Leia também: Boi Brilhoso do Sol e Mar fecha Arraial do Ilha com chave de ouro!

"O tambor de crioula é uma importante manifestação da cultura popular maranhense. É importante relembrar que a dança foi reconhecida em 2007 como Patrimônio Imaterial da Cultura Brasileira pelo Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), atribuindo à nossa dança popular caráter de importância nacional", destaca o secretário municipal de Cultura, Marlon Botão.

A manifestação cultural é típica do Maranhão e envolve dança, canto e percussão. Sua origem remonta à época da escravidão, entre os séculos XVIII e XIX, quando faziam rodas de tambor por diversão ou para pagar promessa a São Benedito. Homens tocam uma parelha com três tambores, enquanto as coreiras dançam com saias rodadas e estampadas. Em um gesto semelhante a uma saudação, as mulheres tocam os ventres uma das outras através de um movimento conhecido como umbigada ou punga.

Arraial da Maria Aragão

O Arraial da Maria Aragão se estende até o dia 1º de julho, com programação diária das 18h à 01h. A programação é composta por bumba bois dos cinco sotaques – costa de mão, zabumba, baixada, matraca e orquestra –, grupos alternativos, shows locais e nacionais, tambor de crioula, cacuriá, quadrilhas juninas tradicionais e estilizadas, forró pé de serra, dança do boiadeiro/country, danças regionais e dança portuguesa. A programação completa está disponível no portal da Prefeitura.

Leia outras notícias em PortalNamira.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.