Saúde

Melasma: peeling pode ajudar no clareamento das manchas na pele

Médica tira dúvidas sobre o tratamento, resultados e contraindicações.
Hendrick Gaioso/Na Mira28/08/2016 às 16h00
Emanuelle Samary conversou com o Na Mira e esclareceu algumas dúvidas. Foto: Divulgação.

‪Você já se deparou com algumas manchas escuras na pele, principalmente no rosto, e não sabe o que elas significam? Fique atento, pois elas podem ser melasmas, um distúrbio de pigmentação causado pelo aumento de melanina.

Essas manchinhas, caracterizadas pelo tom acastanhado, se manifestam mais frequentemente em mulheres e são consideradas um distúrbio crônico, que só serão diminuídas com tratamento contínuo.

Paciente antes e depois do tratamento de redução de manchas com peeling. Foto: Divulgação.

Hoje em dia, uma boa alternativa para clarear essas marcas é o tratamento de peeling, que pode se adaptar aos tipos e fototipos de pele, trazendo um resultado satisfatório ao paciente.

Para tirar algumas dúvidas sobre o assunto, o Na Mira bateu um papo com a médica Emanuele Samary Seixas. A conversa completa você confere logo abaixo:

‪O que é o peeling?

É um tratamento de pele, que pode ser feito através de ácidos, com objetivo de rejuvenescer, clarear manchas, melhorar cicatrizes, oleosidade e acne.

‪Qual profissional deve ser procurado antes do procedimento ser iniciado? Por que é importante a avaliação desse profissional?

Médico dermatologista ou médico esteta são profissionais habilitados para usar qualquer tipo de ácido nas mais diversas concentrações. É importante que o paciente avalie com um profissional capacitado para evitar complicações como manchas ou queimaduras.

‪Quais resultados o peeling pode apresentar no tratamento para o melasma? Por que isso ocorre?

O objetivo é o clareamento do melasma, isso pode acontecer de duas formas: através da renovação da pele, uma pele nova e sem manchas surge aos poucos substituindo a pele antiga, ou pode ser através do clareamento progressivo da pele “antiga”. A forma vai depender do produto utilizado e da evolução da pele do paciente durante o processo.

‪Em quantas sessões os primeiros resultados podem ser notados?

Alguns na primeira, mas geralmente na segunda sessão. Sempre indico 4 sessões, podendo precisar de mais.

‪Há procedimentos específicos para os tipos e fototipos de pele?

Sim, alguns fototipos são contraindicados alguns tipos de ácidos. Alguns pacientes terão melhores resultados se associarmos procedimentos, como por exemplo intradermoterapia, produtos orais e, claro, não esquecer de fazer um gerenciamento da pele saudável após o clareamento, para que ele não retorne e a pele permaneça linda e radiante.

‪Quantas sessões são necessárias, em média, para conseguir um clareamento satisfatório?

4 Sessões, em média.

‪Quem faz peeling está sujeito a ter algum efeito colateral?

Sim, pode haver descamação da pele, vermelhidão, sensibilidade e manchas (para evitar, dou as orientações e fazemos a preparação da pele.)

‪Quais os cuidados com a pele a pessoa que iniciou o tratamento deve tomar?

Fazer o preparo da pele orientado, com produtos específicos. Não pegar sol. Usar protetor solar de 2/2h. Não usar outra medicação fora da prescrição durante o processo.

Leia outras notícias em PortalNamira.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.