Pergentino Holanda

Uma lenda da Argentina

Mais: Homenagem ao SESC

PH

- Atualizada em 22/11/2022 às 07h47
Hebe de Bonafini
Hebe de Bonafini

Com a morte de Hebe de Bonafini, uma das mães mais famosas da Praça de Maio, em Buenos Aires, nasce uma lenda na Argentina

 ----------------------------------------------

Se você observasse Hebe de Bonafini a distância, sem a conhecer, talvez imaginasse que aquela senhorinha com óculos escuros de armação vermelha e lenço branco no cabelo fosse apenas uma vovó como tantas outras circulando na multidão.

Mas bastava que ela abrisse a boca para despertar paixões e ódios.

Bonafini guardava, dentro de si, a pior de todas as dores de uma mãe: perder um filho. Em seu caso, ela não perdeu um. Perdeu dois. E, mais terrível ainda, nunca viu seus corpos. Toda noite, convivia com a ilusão de esperar que Jorge e Raúl batessem à porta. Nunca bateram.

Hebe de Bonafini faleceu anteontem, aos 93 anos, sem nunca saber como seus filhos, desaparecidos, foram mortos pelo regime militar que se abateu sobre o país vizinho entre 1976 e 1983.

Uma lenda da Argentina...2

Confesso que nas vezes que visitei a Praça de Maio sempre avistei Hebe de Bonafini liderando um grupo de mulheres com panos na cabeça caminhando em círculos pela Praça de Maio.

Em 1978, o mundo lançou seus olhos para a Argentina por causa da Copa do Mundo e enxergou aquele grupo de mulheres que era pura dor e desolação. Os crimes da ditadura viravam notícia internacional.

O trabalho das Mães da Praça de Maio ajudou a localizar mais de 30 crianças filhas de presos políticos.

Com a morte de Hebe de Bonafini, termina também um estilo de fazer política na Argentina. E nasce uma lenda.

Homenagem ao SESC

Assembleia Legislativa do Maranhão realizou sessão solene em homenagem aos 75 anos de atividades do Serviço Social do Comércio (Sesc).

A cerimônia, presidida pela deputada Helena Duailibe, contou com a presença de dirigentes e representantes de diversas entidades empresariais do estado.

Na abertura da cerimônia, Helena Duailibe, autora da solicitação da homenagem, destacou que o Sesc é uma instituição prestadora de serviços sociais que muito têm contribuído para as políticas públicas implementadas no Maranhão.

Ela lembrou que o Sesc-Maranhão foi criado em 20 de novembro de 1947 com a missão de contribuir para a promoção da qualidade de vida e do bem-estar dos trabalhadores do comércio e suas famílias, ação essa que se expandiu para toda a sociedade, favorecendo transformações individuais e coletivas.

Aulas e expediente

As escolas particulares do Maranhão têm autonomia para decidir sobre os horários de aulas e expediente de profissionais durante os dias de jogos da seleção brasileira na Copa do Mundo do Catar.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino do Estado do Maranhão, o posicionamento visa respeitar os diferentes horários de funcionamento das unidades escolares e os acordos já firmados entre estas e os seus funcionários.

Nesta primeira fase do torneio, estão previstos jogos da Seleção Brasileira em três dias diferentes – todos úteis.

A estreia do Brasil na Copa é nesta quinta-feira, 24, às 16h. O jogo seguinte é no dia 28, segunda-feira, às 13h, e a terceira partida dessa fase, por fim, será no dia 2 de dezembro, sexta-feira, às 16h.

Estratégia Nacional do Judiciário

O Maranhão está presente no 16º Encontro Nacional do Poder Judiciário, que começou ontem e prossegue até esta terça-feira, no auditório do Tribunal Superior Eleitoral, em Brasília (DF), através do corregedor-geral da Justiça, desembargador Froz Sobrinho, e da juíza auxiliar, Tereza Palhares Nina, coordenadora de planejamento estratégico.

Também participam do evento o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Paulo Velten; a presidente do Tribunal Regional Eleitoral, desembargadora Ângela Salazar  e os juízes auxiliares (TJMA), José Nilo, Márcio Brandão e Rosângela Macieira.

O encontro tem como objetivos avaliar a Estratégia Nacional do Judiciário, apresentando os resultados do seu monitoramento; debater temas relevantes para a Justiça brasileira; apresentar políticas judiciárias do Conselho Nacional de Justiça (CNJ); divulgar e reconhecer o desempenho de tribunais em premiações e revisar e aprovar metas nacionais, metas específicas e diretrizes estratégicas para 2023.

Professor Emérito

A Universidade Federal do Maranhão realizou a solenidade de entrega do título de Professor Emérito, concedido aos docentes da Universidade pelos altos méritos profissionais e por relevantes serviços prestados à instituição.

O evento aconteceu na última sexta-feira, no Palácio Cristo Rei.

Quatorze professores, das mais diferentes áreas do conhecimento, foram contemplados com o título.

A docente Maria Honorina Cordeiro fez um belo discurso em nome de todos os homenageados.

Ana Karin Andrade
Ana Karin Andrade

Está fazendo sucesso na TV Cultura o novo visual da diretora Ana Karin Andrade, Embaixadora da Paz e presidente do Grupo Mulheres Solidárias

Programa Miniempresa na Praia Grande

As duas equipes de jovens empreendedores do Programa Miniempresa da JA Maranhão – ONG mundial que busca promover a educação financeira, preparação para o mercado de trabalho e o empreendedorismo entre jovens por meio de atividades práticas em instituições de ensino públicas e privadas – participaram no último sábado da Feira Emaranhartes, realizada no Centro Histórico de São Luís.

Na feira, os estudantes puderam colocar em prática os ensinamentos adquiridos sobre a gestão de uma empresa, culminando com a comercialização dos produtos idealizados por eles. 

O programa Miniempresa visa a formação prática e de vivência empreendedora e tem duração de 15 semanas de atividades em que alunos do ensino médio organizam e gerem empresas, desde as ideias iniciais e confecção de produtos, marketing, finanças e venda do produto final.

DE RELANCE

COP 27 e resultados

A 27ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP 27) encerrou em Sharm El-Sheikh, no Egito, no início da manhã de domingo.

Entre os muitos temas importantes debatidos, uma decisão prática é considerada como resultado mais palpável da chamada “COP africana”: um acordo de criação de um fundo de financiamento de “perdas e danos” aos países vulneráveis, atingidos por desastres climáticos como enchentes, secas, furacões e o aumento do nível do mar.

Na avaliação da organização Observatório do Clima, a principal rede da sociedade civil brasileira sobre a agenda climática, a decisão é uma vitória a ser comemorada, e o acordo é considerado revolucionário, já que por ele os países desenvolvidos assumem a responsabilidade de compensação por impactos sofridos por países vulneráveis e em desenvolvimento, já que, historicamente, são os mais ricos que mais poluíram, enquanto os países mais pobres sempre foram os que mais sofreram com os danos ambientais.

Forjando Palmares

A Cátedra Olavo Setubal de Arte, Cultura e Ciência, ação realizada em parceria pelo Itaú Cultural e Instituto de Estudos Avançados da Universidade de São Paulo, realiza nos dias 22 e 23 de novembro o ciclo de palestras ``Forjando Palmares''.

Nova ação do programa de titularidade da escritora Conceição Evaristo, a atividade levanta o debate sobre o cidadão negro e as questões raciais no Brasil.

Forjando Palmares...2

O evento terá transmissão ao vivo pelo site do IEA/USP, onde também ficará disponível, posteriormente, para acesso do público em geral.

Sempre com dois encontros por dia, a programação abre nesta terça-feira, com a mesa “Criação do Sujeito Afro-brasileiro: Entraves e Impedimentos de uma Nacionalidade”, voltada às dificuldades para cidadanização do sujeito negro brasileiro.

Aniversário da Diretoria

Fred Brandt e Daniela Kusaba já estão na concentração para a programação especial que será realizada no Armazém no próximo sábado.

É que Fred e Daniel Lago, sócios do empreendimento voltado para a área do entretenimento musical, bem como Daniela, vão comemorar suas primaveras durante a festa “Aniversário da Diretoria”, regada ao melhor do repertório das bandas Argumento e Feijoada Completa, além do DJ Blemes. 

Fred fez aniversário no dia 14 deste mês e Daniela troca de idade em 29 próximo. Já o niver de Daniel é no dia 19 de dezembro

 

Fred Brandt e Daniela Kusaba, que vão comemorar seus aniversários durante festa no Armazém, ao lado do sócio proprietário Daniel Lago
Fred Brandt e Daniela Kusaba, que vão comemorar seus aniversários durante festa no Armazém, ao lado do sócio proprietário Daniel Lago

Jogo do Bicho

E eis que já está no Senado, aprovado na semana passada pela Câmara, o projeto 442/91, que legaliza o jogo do bicho e libera os cassinos no Brasil.

Até parece uma notícia velha, não? Velhíssima, a lenga-lenga envolvendo tal projeto tem simplesmente 31 anos: em 1991, o então deputado por Santa Catarina, Renato Viana  o apresentou..

É aí que se configura um cenário em que a religião patrocina uma grande hipocrisia nacional. O jogo do bicho foi proibido por Getúlio Vargas em 1941, e os cassinos, que vieram com o Império, na República, depois liberados até 1946, quando o presidente Eurico Dutra ouviu os apelos da primeira dama, Carmela, católica fervorosa, e vetou.

Daí é que, no Brasil, o governo tem as loterias da Caixa, a venda de jogos corre solta, mas no Congresso a oposição religiosa está firme, embora agora os patronos sejam os evangélicos, e não mais os católicos.

Será que agora vai?

A última vez que o projeto caiu foi em 2018, derrubado por Magno Malta, então senador pelo Espírito Santo, agora reeleito.

Pergunta para os senadores bem antenados que estão lá no olho do furacão: Será que agora vai?

Eles se dizem a favor, desde que a arrecadação de impostos vá toda para programas sociais.

E fazem a ressalva de que é preciso fazer alguns ajustes. Do jeito que está fica parecendo que se cria uma lei para beneficiar os grandes grupos dos cassinos.

– O problema é que a gente muda cá e volta para a Câmara e fica como eles querem – dizem.

Se agora a coisa vai ou a novela segue? Ninguém sabe.

Sistemas Agroflorestais

Hoje e amanhã, no Brisamar Hotel, ocorrerá o I Encontro Maranhense de Sistemas Agroflorestais, evento estadual com status de pré-congresso com a chancela da Sociedade Brasileira de Sistema Agroflorestais – SBSAF e sob a supervisão da Coordenação Regional da Sociedade.

O patrocínio é da Embrapa Cocais, SBSAF, Suzano, Eneva e Banco do Brasil. 

Entre os temas a serem tratados estão sistemas agroflorestais na perspectiva das instituições com atuação no Maranhão, sistemas ILPF para o estado, alternativas para desenvolvimento sustentável, importância de agregar valor no extrativismo na floresta, cadeia agroextrativista da juçara, experiências de SAFs e programas colaborativos de parceiros.

Para escrever na pedra:

“Pensamos demasiadamente e sentimos muito pouco. Necessitamos mais de humildade que de máquinas. Mais de bondade e ternura que de inteligência. Sem isso, a vida se tornará violenta e tudo se perderá”. De Charles Chaplin.

 TRIVIAL VARIADO

A loja de atendimento e serviços da operadora de telecomunicações Maxx em São Luís está com novo horário vigorando, desde ontem, na Av. Colares Moreira N. 1005, no bairro do São Francisco.

No assunto: agora, a loja fica aberta ao público de segunda a sexta-feira das 8h às 18h e aos sábados funciona das 8h às 12h, além de manter também todos os canais digitais de contato.

Deve cair R$ 310 milhões em 2023 a receita de ICMS do Maranhão. Pelo menos é o que aponta o Projeto de Lei Orçamentária Anual do ano que vem, apresentado pelo Executivo à Assembleia Legislativa.

Tem mais: a estimativa é que o valor arrecadado durante todo o ano de 2023 seja de R$ 9,69 bilhões contra R$ 10 bilhões previstos para 2022. No caso do ano em curso, apesar da previsão, os valores efetivamente arrecadados estão abaixo da expectativa.

Maranhenses que estão no Catar contam que ficaram impressionados com a quantidade de gatos que circulam no centro de treinamento da Seleção Brasileira. Além de serem vistos constantemente, podem ser ouvidos com miados característicos do ritual do acasalamento ou brigas violentas.

Importante: jamais pensem, porém, em caçá-los ou tentar diminuir a população felina. O gato é um animal abençoado na cultura islâmica. Segundo a lenda, os felinos eram os animais preferidos do Profeta Maomé, que gostava de tê-los nos braços, acariciando-lhes o pelo. Este ato de carinho teria valido a eles o dom de caírem sempre de pé. 

 

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.