Exposição

Galeria Arte em Cores apresenta mais de 50 obras de artistas do Maranhão e do Pará

Quatro salas virtuais revelam o talento e a criatividade dos artistas que realizaram murais em 11 cidades; as obras podem ser conferidas no arteemcores.art.br a partir do dia 16 de agosto.

Na Mira, com informações da assessoria

- Atualizada em 16/08/2022 às 17h01
A galeria pode ser visitada pela internet.
A galeria pode ser visitada pela internet. (Foto: Divulgação)

SÃO LUÍS - Já podem ser apreciadas pelo público as obras criadas pelos artistas que participaram do Arte em Cores 2022. Nesta terça-feira (16), foi aberta a galeria virtual que, nesta edição, ganha a Sala Tocantins, Sala Araguaia, Painel Marabá Pioneira e Painel Alto Alegre do Pindaré. A galeria pode ser visitada pelo link arteemcores.art.br.

Leia também:

Arte em Cores divulga seleção de artistas que participarão da criação de murais coletivos no MA e PA

Vinte e um artistas maranhenses são selecionados para a 2ª edição do projeto Arte em Cores

A galeria sintetiza o trabalho realizado ao longo do projeto Arte em Cores, que tem o patrocínio do Instituto Cultural Vale, via Lei Federal de Incentivo à Cultura. Na Sala Tocantins, é possível ver o trabalho de 39 artistas e, a Sala Araguaia, apresenta a produção dos dez artistas selecionados na segunda etapa do projeto. Já os painéis trazem os murais que foram realizados coletivamente nas cidades de Alto Alegre do Pindaré (MA) e Marabá (PA).

Os trabalhos foram desenvolvidos a partir de técnicas como grafite, estêncil e colagem, e refletem o talento, a criatividade e habilidades dos 49 artistas participantes que, ao longo dos últimos meses, realizaram obras em 11 cidades no Maranhão e no Pará. Cada um deles construiu um mural nas ruas, nas travessas e nas avenidas de suas cidades.

No Maranhão, as cidades que ganharam mais beleza e cor com os murais foram: Arari, Santa Inês, Pindaré‐Mirim, Alto Alegre do Pindaré, Açailândia e São Pedro da Água Branca. No Pará, vias de Marabá, Parauapebas, Canaã dos Carajás, Ourilândia do Norte e Tucumã ganharam um novo colorido
Todos os artistas selecionados receberam ajuda de custo, além de capacitação e acompanhamento realizado pelos artistas André Amparo e Fhero. “Para mim, não são murais, são sonhos que se permitiram ser ilustrados”, comenta Fhero.

Murais coletivos

Ao chegar na Praça Padre André, na cidade de Alto Alegre do Pindaré (MA), uma obra colorida de aproximadamente 100m² salta aos olhos. Entre os dias 20 a 23 de julho, cinco artistas maranhenses, Kailany, João Costa, VitÓria, Lea Pac, MS Graffit realizaram um mural na Casa Paroquial.

O painel foi construído como uma espécie de linha do tempo, onde estão presentes a fauna e a flora regionais. Os indígenas - como habitantes ancestrais-, os pescadores, profissionais tradicionais da região, e o pescado, elemento de um modo de vida e da gastronomia local. Também as quebradeiras de coco e o boi retratam o patrimônio, a cultura e a arte, um conjunto de elementos que sintetizam o orgulho e o sentimento de pertencimento das pessoas que fazem o Maranhão.

No Pará, o mural foi realizado na Orla do Mirante, em Marabá. Os murais foram realizados pelos 10 artistas que mais se destacaram entre os selecionados.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.