Iniciativa

Vinte e um artistas maranhenses são selecionados para a 2ª edição do projeto Arte em Cores

Além dos selecionados, o projeto divulgou também uma lista com os artistas suplentes.

Na Mira, com informações da assessoria

Iniciativa dá nova roupagem, com arte, muros da capital maranhense.
Iniciativa dá nova roupagem, com arte, muros da capital maranhense. (Divulgação / Assessoria)

SÃO LUÍS - O Arte em Cores, iniciativa que conta com o patrocínio do Instituto Cultural Vale, via Lei Federal de Incentivo à Cultura, divulgou os nomes dos 50 artistas selecionados para a 2ª edição do projeto. Um júri especializado escolheu 21 artistas do Maranhão e 29 do Pará para a fase de produção de obras individuais. 

Além dos selecionados, o projeto divulgou também uma lista com os artistas suplentes. A seleção se baseou em quatro critérios: relevância artística, criatividade, localização da obra e originalidade da obra proposta pelo candidato.

Os artistas maranhenses selecionados para a segunda edição do Arte em Cores são: Hélio Victor Barbosa da Silva, Itevalda Machado da Silva, Jocei Jardim Ribeiro e Thais Morais Pereira (Arari); Daniel Souza de Almeida (Igarapé do Meio); Maria Divina Silva de Souza (Mary Dy) e Ohrion T. Costa Pereira (Órion111) (Santa Inês); Juliana da Silva Nunes (Juliy), Laís Carolinne de Souza Coelho, Miguel Souza Neto e Sandro Queiroz Carvalho (Pindaré-Mirim); João dos Santos Costa (João Arte) e Vitória Amorim Cavalcante (Alto Alegre do Pindaré); Ana Carolina Ferreira Queiroz, Francisco Felix da Silva Souza (Felix), Leane de Souza da Silva (Lea Pac), Paulo Rodrigo Ferreira da Silva, Shayenne Carmem Souza Dias, Tássia Jordânia Santos Silva e Walison Melo Teixeira (Açailândia) e Emilly Kailany de M. Silva Leão (São Pedro da Água Branca).

Nesta primeira etapa do projeto, todos os inscritos terão acesso a uma oficina com quatro vídeo-aulas sobre arte urbana, referências estéticas, técnicas e suportes. Em seguida, os artistas selecionados iniciam a etapa de criação de murais e intervenções a partir de técnicas como grafite, estêncil, pintura e colagem. Para a realização das obras, eles receberão uma ajuda de custo para a compra de material.

Ao todo, serão feitas 50 obras espalhadas pelos municípios contemplados. Destes trabalhos, 10 serão escolhidos pelo júri, sendo cinco do Maranhão e cinco do Pará. Os selecionados nesta etapa participarão, durante quatro dias, da criação coletiva de dois grandes painéis artísticos, em eventos abertos nas cidades de Alto Alegre do Pindaré (MA) e Marabá (PA). 

Arte em Cores 

O projeto Arte em Cores se dedica à valorização da arte urbana, de cunho popular, produzida intencionalmente para interferir em espaços externos da cidade e sobre o mobiliário urbano. A arte urbana reúne diversas expressões artísticas difundidas nas ruas, como grafite, estêncil, colagem, entre outras. Seus múltiplos efeitos podem transformar a vida de pessoas e de comunidades inteiras, redesenhar o semblante das cidades, desenvolver habilidades e talentos e promover a inclusão social.

Na 1ª edição, realizada em 2020, o projeto recebeu 130 inscrições e ofertou também atividades de capacitação. Todas as obras produzidas podem ser vistas no site do projeto arteemcores.art.br. Nesta 2ª edição do projeto, serão destinados mais de R$ 120 mil, distribuídos entre prêmios e ajuda de custo para a realização das obras e participação no Arte em Cores.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.