Polêmica

Gisele Bündchen afirma que gostaria que o marido fosse mais presente

A modelo brasileira quebra o silêncio sobre crise no casamento com o jogador de futebol americano Tom Brady; "Eu fiz a minha parte", afirma.

Na Mira

- Atualizada em 14/09/2022 às 10h05
Gisele Bündchen afirma que gostaria que o marido fosse mais presente
Gisele Bündchen afirma que gostaria que o marido fosse mais presente (Foto: Reprodução / Instagram)

MUNDO - A modelo brasileira Gisele Bündchen, de 42 anos, comentou sobre os rumores de crise no relacionamento com o marido, o jogador de futebol americano Tom Brady, de 45 anos. Em entrevista à revista norte-americana Elle, a uber model afirmou que gostaria que o marido fosse mais presente.

De acordo com o portal de notícias norte-americano Page Six, o casal teve uma discussão acalorada sobre as decisões de Brady em relação ao trabalho e a família. Tom, teria decidido desistir da aposentadoria que havia anunciado em fevereiro de 2022, em agosto deste ano, para jogar por mais uma temporada no time de futebol Tamba Bay Bucanners.

Saiba mais: Casamento de Gisele Bündchen e Tom Brady enfrenta crise, diz site 

A brasileira estampou a capa da versão norte-americana da revista Elle do mês de outubro, e contou em entrevista exclusiva que se preocupa com a profissão violenta do marido.

"Obviamente, tenho minhas preocupações. Este é um esporte muito violento, e tenho meus filhos e gostaria que ele estivesse mais presente", diz Gisele.

"Eu definitivamente tive essas conversas com ele várias vezes. Mas, em última análise, sinto que todos têm que tomar uma decisão que funcione para eles. Ele precisa seguir sua alegria também", pontuou a modelo.

Segundo Gisele, diz estar satisfeita com a forma que criou os filhos,  Benjamin, de 12 anos, e Vivian Lake, de 9 anos de idade, e garantiu que também tem muitos planos para concretizar, e que fez sua parte em relação a cuidar da família.

"Eu fiz minha parte, que é estar lá [para Tom]. Me mudei para Boston e me concentrei em criar um casulo e um ambiente amoroso para meus filhos crescerem e estarem lá apoiando ele e seus sonhos. Ver meus filhos terem sucesso e se tornarem os lindos pequenos humanos que são, vê-lo ter sucesso e ser realizado em sua carreira – isso me deixa feliz. Neste ponto da minha vida, sinto que fiz um bom trabalho nisso", destaca a modelo. 

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.