Cinema

Indicado ao Oscar, ‘O Lobo de Walt Street’ estreia em ITZ

O filme é uma adaptação da autobiografia de Jordan Belfort.
Imirante Imperatriz*31/01/2014 às 13h01

IMPERATRIZ - Dos dez indicados ao Oscar de melhor filme, apenas dois estreou em Imperatriz (Gravidade e Capitão Philips), isso acontece porque os filmes são exibidos primeiro em terras americanas para depois desembarcar no Brasil e a Academia levar em consideração a exibição nos EUA na hora de definir os concorrentes de cada ano.

Os demais longas indicados começam a ser exibidos no país agora em fevereiro, dos oitos restantes, o primeiro a entrar em cartaz é O Lobo de Walt Street, o filme estreia nesta sexta (31), e é o destaque do fim de semana nos cinemas de Imperatriz.

Além de disputar na categoria melhor filme, O Lobo de Walt Street ainda concorre em mais quarto, Melhor Diretor para Martin Scorsese e Melhor Ator para Leonardo DiCaprio, que interpreta o protagonista Jordan Belfort. O longa concorre ainda nas categorias Melhor Ator Coadjuvante e Melhor Roteiro Adaptado.

Baseado na história real de Jordan Belfort, o filme O Lobo de Wall Street conta como um corretor da bolsa de valores de Nova York chegou ao topo e despencou, envolvendo-se numa série de crimes de corrupção.

O filme é uma adaptação da autobiografia de Jordan Belfort, sujeito bonachão de quem não se deveria comprar um par de meias, mas cujo discurso sedutor era capaz de conduzir investidores às maiores furadas em que já se meteram. Filho de contadores pobres do Bronx (bairro de Nova York) ele viveu o sonho de Wall Street nos anos 1980 e 90, quando construiu um império a partir da especulação. Suas palestras épicas atraíam jovens corretores, que ele recrutava alimentando o sonho do enriquecimento a partir da venda de ações e títulos na bolsa.

Até que, num golpe de mestre (do crime do colarinho branco), a abertura de capital de uma empresa de calçados, ele acumulou uma fortuna em poucas horas e passou a ser investigado pela polícia. Ganhou as manchetes dos jornais, acabou condenado a quatro anos de prisão e, após cumprir 22 meses, saiu a dar palestras fascinando plateias de vendedores ávidos por descobrir segredos sobre como conduzir um negócio. Com três horas de duração, o longa se utiliza da comédia e do exagero para mostrar essa história moderna de dinheiro e poder.

Sessões no Cinesystem Imperatriz: Todos os dias – 14h30 / 18h00 / 21h30 (leg).

Sessões Imperacine: Todos os dias – 18h50 (dublado).

*Com informações da assessoria.

Leia outras notícias em PortalNamira.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.