Cultura popular

Premiação fortalece expressões culturais populares brasileiras

Serão premiadas iniciativas como cordel, a quadrilha, o maracatu, o jongo, o cortejo de afoxé, o bumba-meu-boi e o boi de mamão, entre outros.
Na Mira, com informações do Ministério da Cultura 23/10/2018 às 08h35
Premiação fortalece expressões culturais populares brasileirasAs iniciativas foram analisadas por uma Comissão de Seleção que avaliou critérios como contribuição sociocultural. (Foto: reprodução)

BRASIL - Foi divulgado, nessa segunda-feira (22), o resultado do Prêmio Culturas Populares 2018, que premiará 500 iniciativas culturais populares vencedoras, em todos os Estados brasileiros, além do Distrito Federal.

Na edição deste ano, o valor da premiação passou de R$ 10 mil para R$ 20 mil. A edição atual ainda incluiu a inscrição de novos arranjos da cultura popular, como a aparelhagem e a guitarrada. Também foram permitidas a participação de indígenas, ciganos, capoeiristas e ações de hip hop.

Leia também: Iphan abre edital para instrução do forró como Patrimônio Cultural

Serão agraciados 200 prêmios para iniciativas de mestres e mestras (pessoa física); 192 para iniciativas de grupos sem Cnpj; 77 para pessoas jurídicas sem fins lucrativos; 11 para pessoas jurídicas com ações comprovadas em acessibilidade cultural; e 20 para herdeiros de mestres e mestras já falecidos (in memoriam), totalizando 500 prêmios.

"O formato deste edital permitiu uma isonomia regional, onde todas as regiões foram representadas e reconhecidas. Além disso, não só as culturas populares tradicionais foram reconhecidas, como também as manifestações dos novos arranjos, das inovações culturais", avalia a secretária de Diversidade Cultural do MinC, Magali Moura.

O objetivo da iniciativa é fortalecer as expressões culturais populares brasileiras, retomando práticas populares em processo de esquecimento e que difundam as expressões populares para além dos limites de suas comunidades de origem. Exemplos dessas iniciativas são o cordel, a quadrilha, o maracatu, o jongo, o cortejo de afoxé, o bumba-meu-boi e o boi de mamão, entre outros.

Leia outras notícias em PortalNamira.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2018 - Todos os direitos reservados.