Celebridades

Ex-atriz de "Malhação", Ludmila Dayer revela diagnóstico de esclerose múltipla

"Meu mundo caiu", contou a atriz sobre o momento do diagnóstico.

Na Mira

Ex-atriz de "Malhação", Ludmila Dayer revela diagnóstico de esclerose múltipla
Ex-atriz de "Malhação", Ludmila Dayer revela diagnóstico de esclerose múltipla (Foto: Reprodução/Instagram)

BRASIL - Em uma transmissão ao vivo em seu Instagram, nesta quarta-feira (28), a atriz Ludmila Dayer, conhecida por interpretar Joana na sétima temporada de "Malhação", revela diagnóstico de esclerose múltipla. A atriz deu detalhes de como descobriu e controla a doença.

Segundo Ludmila, a doença foi causada pelo EBV (Vírus Epstein-Barr), também chamado herpesvírus humano 4, é um vírus da família da herpes, um dos vírus mais comuns em humanos, caracterizado pela infecção pela transferência oral de saliva. De acordo com o Ministério da Saúde, a esclerose múltipla atinge cerca de 30 mil pessoas no Brasil.  A doença é autoimune e atinge o sistema nervoso central.

Dayer contou que entre os sintomas, sentia seu corpo "esquisito", mesmo praticando esportes e tendo uma vida saudável.  "Era uma pessoa que praticava muitos esportes, eu malhava, achava que tinha saúde", disse na transmissão. "De repente, meu corpo começou a ficar esquisito."

Mesmo com sintomas desde 2020, como perda da cognição e visão e muita fraqueza, Ludmilla apenas chegou ao diagnóstico no início deste ano. "Meu mundo caiu", disse. "Eu comecei a estudar o que eu tinha e comecei a desmistificar muita coisa em relação a doença", disse a atriz.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.