Deslizamento de rochas

Tragédia no Chile: área onde maranhenses morreram deveria estar fechada

Duas meninas de Bacabal (MA) morreram atingidas por rocha, no Chile, nessa segunda-feira.
Imirante.com04/06/2019 às 09h51
Tragédia no Chile: área onde maranhenses morreram deveria estar fechadaMaranhenses morreram no Chile após deslizamento de rochas. (Foto: Reprodução)

SANTIAGO (CHILE) – De acordo com autoridades chilenas, o local onde houve um deslizamento de rochas e matou duas turistas maranhenses deveria estar fechado.

Leia: Duas crianças maranhenses morrem durante passeio turístico no Chile

Isadora Pereira Bringel Carvalho, de sete anos, e Khalida Carvalho Trabulsi Lisboa, de três, morreram na tarde dessa segunda-feira (3), durante um passeio turístico na região de San José de Maipo, na Cordilheira dos Andes, no Chile.

Segundo a governadora da Província de Cordillera, Mireya Chocair, a área é restrita, e os operadores de turismo sabem dos riscos. Uma testemunha afirmou ao G1 que não havia placa de aviso.

As meninas que estavam com as famílias eram da cidade de Bacabal (MA). O Consulado do Brasil em Santiago acompanha o caso.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.