Tragédia

Duas crianças maranhenses morrem durante passeio turístico no Chile

Vítimas eram da cidade de Bacabal; consulado está prestando assistência às famílias.
Imirante.com03/06/2019 às 20h22
Duas crianças maranhenses morrem durante passeio turístico no ChileDeslizamento de rocha aconteceu na região de San José de Maipo. (Divulgação)

SANTIAGO (CHILE) – Duas crianças maranhenses, de sete e três anos de idade, morreram na tarde desta segunda-feira (3), após um deslizamento de rochas em passeio turístico na região de San José de Maipo, na Cordilheira dos Andes, no Chile. Isadora Pereira Bringel Carvalho e Khalida Carvalho Trabulsi Lisboa são da cidade de Bacabal, a 240km de São Luís.

De acordo com o jornal chileno Publimetro, Isadora Carvalho e Khalida Lisboa estavam acompanhadas por familiares em um ônibus no reservatório El Yeso, a 100km da capital Santiago, quando foram atingidas pelas rochas. As duas crianças foram socorridas, mas não resistiram aos ferimentos.

A governadora da província de Cordillera, Mireya Chocair, informou em entrevista ao G1 que o local do acidente estava fechado para visitas, e o ônibus onde estavam as crianças cruzou a área interditada. Mireya disse ainda que a responsabilidade sobre a tragédia é da operadora de turismo, que não teve seu nome divulgado.

Em nota, o consulado do Brasil no Chile informou que uma equipe está a caminho do local do acidente para prestar assistência às famílias.

Essa é a segunda tragédia envolvendo brasileiros no Chile nas últimas duas semanas. Há 10 dias, seis turistas brasileiros morreram intoxicados por gás em um apartamento em Santiago. Os corpos das vítimas chegaram ao Brasil nesta segunda-feira.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.